• pt
Partida
Standard Bank celebra 129 anos com Corrida Azul nas cidades de Maputo e Beira
21/08/2023
Exposição (1)
Para além do apoio jurídico e psicológico: FUNDE assiste comunidade da Matola-Rio no acesso a documentos de identificação
21/08/2023

À Aguas da Região de Maputo: Provedor da Justiça sugere plataforma de diálogo com os consumidores

Visita às instalações da ETA

Visita às instalações da ETA

O Provedor de Justiça, Isaque Chande, sugere a criação de uma plataforma de diálogo com o público utente dos serviços prestados pela empresa Águas da Região Metropolitana de Maputo (AdRMM), com vista a esclarecer com facilidade questões relacionadas com o processo de produção, distribuição e facturação da água potável, na região do Grande Maputo.

A sugestão foi feita, durante a visita de trabalho, que efectuou, sexta-feira, 18 de Agosto, à Estação de Tratamento de Água (ETA) de Sábié, na província de Maputo, que tinha por objectivo inteirar-se do funcionamento daquela unidade de produção de água potável.

Na ocasião, Isaque Chande reconheceu que o esforço que a empresa realiza para o provimento do serviço de abastecimento de água visa contribuir para a melhoria do índice de desenvolvimento humano no nosso País.

“Recomendo que a empresa encontre uma forma para estar mais próxima dos seus clientes e que discuta também com as entidades competentes como tornar o serviço sustentável. Por aquilo que nós vimos no terreno, o processo envolve somas avultadas, razão pela qual as tarifas têm que ser justas e razoáveis”, disse Isaque Chande.

Por sua vez, o presidente do Conselho de Administração da AdRMM, Castigo Álvaro Cossa, explicou que a empresa tem actualmente o compromisso de fazer com que a água seja a fonte de desenvolvimento de Moçambique, e que se pretende ainda atingir, até 2024, a cobertura universal do serviço de abastecimento de água potável.

“Partilhamos com o Provedor de Justiça os desafios que temos com os clientes em termos de reclamações, facturação e a qualidade da água. Demostramos a nossa estratégia e que tipo de iniciativas temos em vista para que o consumidor não tenha de gastar muito tempo para ir aos balcões de atendimento, porque através de soluções tecnológicas, o cliente já tem a possibilidade de interagir, perguntar, fornecer e encontrar respostas por meio de plataformas digitais, utilizando a inteligência artificial. Temos que informar mais e estar mais próximo do cliente”, concluiu o PCA.

Importa referir que a empresa AdRMM vai, até 2024, instalar pouco mais de trezentos mil contadores pré-pagos a clientes da região do Grande Maputo para que possam fazer a autogestão do consumo do precioso líquido.

 

Visita às instalações da ETA (4)

Visita às instalações da ETA

Presidium (1)

Presidium

 

 

 

 

 

 

 

 

Isaque Chande, provedor de Justiça (2)

Isaque Chande, provedor de Justiça

Castigo Álvaro Cossa, presidente do Conselho de Administração da AdRMM (2)

Castigo Álvaro Cossa, presidente do Conselho de Administração da AdRMM