• pt
Participantes no Fórum de Negócios Moçambique-Singapura 1
Singapura e Moçambique estreitam laços de negócio
04/06/2015
Governos incentivados a usar gás natural para consumo interno
07/06/2015

Alberto Nkutumula: “Jovens estudantes devem estar em permanente contacto e interacção com as empresas”

Participantes no Fórum Youth to Business

Os jovens estudantes devem estar em permanente contacto e interacção com as empresas para que possam, durante a sua formação, desenvolver habilidades necessárias para uma rápida inserção no mercado de trabalho.
Foi com esse propósito que a Associação Internacional de Estudantes em Ciências Económicas e Empresariais (AIESEC) organizou na última sexta-feira, 5 de Junho, a quinta edição do Mozambique Youth to Business Forum, sob o lema “O Papel da Juventude no Desenvolvimento do País”.
A cerimónia de abertura foi dirigida pelo Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula, e contou com a participação de cerca de 300 estudantes de 17 instituições de ensino, parceiros, representantes do Governo, empresas públicas e privadas.
No seu discurso, o Ministro da Juventude e Desportos instou os jovens, em geral, e os estudantes, em particular, a “tomarem a dianteira nas acções que visam o desenvolvimento do País, sendo, para tal, necessário identificar os problemas que preocupam a sociedade e encontrar soluções”.
“O desafio da juventude, dentre vários, é garantir que o futuro de Moçambique seja cada vez melhor e que o presente seja melhor do que o passado. Porém, este desafio não é isolado. Passa por uma maior participação dos jovens em todas as frentes de combate pelo desenvolvimento do País”, disse Alberto Nkutumula.
Por seu turno, Omar Daúdo, Presidente da AIESEC Moçambique, referiu que o principal objectivo do evento é “dar a conhecer às empresas a situação actual do recurso humano jovem e capacitá-lo para o preenchimento de futuras vagas”.
“O jovem deve ter conhecimento do que o mercado precisa para começar a preparar-se, no sentido de se tornar um candidato competitivo. Neste evento, as empresas vão poder dizer o que pensam e o que esperam dos jovens”, explicou o Presidente da AIESEC.
Num outro desenvolvimento, Omar Daúdo considerou ser importante que as “empresas interajam com os jovens para que estes possam ser proactivos e procurem desenvolver habilidades que o mercado exige”.
Refira-se que, durante o evento, foram realizados workshops sobre empreendedorismo, proactividade, emprego, internacionalização e liderança.

 

Participantes no Fórum Youth to Business

Participantes no Fórum Youth to Business

 

Alberto Nkutumula - Ministro da Juventude e Desportos

Alberto Nkutumula – Ministro da Juventude e Desportos

 

Omar Daude - Presidente da AIESEC

Omar Daude – Presidente da AIESEC

 

Participantes no Fórum Youth to Business 1

Participantes no Fórum Youth to Business