• pt
Joao Guirengane director da Banca de Negocios e Clientes Comerciais do Standard Bank B
16 PME apuradas para segunda fase do concurso “Acelere o Seu Negócio”, promovido pelo Standard Bank
25/11/2021
Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa
Embaixadora do Reino dos Países Baixos enfatiza necessidade de empoderamento da rapariga e da mulher
29/11/2021

Ao ministro da Indústria e Comércio: Agentes económicos em Nampula asseguram abastecimento na quadra festiva

Visita MIC a empresa integrada de frangos 01

Visita MIC a empresa integrada de frangos 01

Os agentes económicos da província de Nampula asseguraram, quinta-feira, 25 de Novembro, ao ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, a existência de produtos essenciais no mercado, e em quantidades suficientes para responder à crescente demanda que se verifica no mercado durante a quadra festiva que se avizinha.
Carlos Mesquita recebeu esta garantia depois de visitar duas empresas, nomeadamente a Novos Horizontes (produção integrada de frangos) e a Cervejas de Moçambique (produção de cerveja), localizadas no distrito de Rapale e na cidade de Nampula, respectivamente, com o objectivo de monitorar a disponibilidade de produtos no mercado, incluindo os que registam maior procura durante as festas de Natal e de Fim de Ano.
Os gestores das duas unidades de produção reiteraram que não haverá ruptura de stock durante o período que se avizinha, havendo, neste momento, quantidades suficientes de frango e bebidas para abastecer o mercado até ao primeiro trimestre de 2022.
Na ocasião, as fábricas apontaram o abastecimento de água para o seu funcionamento como principal desafio, e que tem afectado a produção e produtividade, uma vez que a única barragem que fornece o precioso líquido à cidade de Nampula mostra-se incapaz de responder às necessidades das grandes indústrias.
A CDM, por exemplo, “está a apostar em furos alternativos, mas a água que é captada apresenta uma bactéria que pode afectar negativamente a qualidade da cerveja produzida, daí que esforços estão a ser empreendidos para adquirir um centro de tratamento de modo a reduzir a nossa dependência à barragem”, explicou Gastão Cuembelo, director da fábrica.
Ainda na província de Nampula, Carlos Mesquita participou na cerimónia de lançamento do Inquérito Nacional de Inovação nas Empresas, referente ao período 2019-2021, a ser realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
Na sua intervenção, o ministro da Indústria e Comércio considerou que as micro, pequenas e médias empresas (MPME), que representam 97.1% das empresas existentes no País e são responsáveis por 23.4% do Produto Interno Bruto (PIB), têm potencial para gerar mais postos de trabalho e renda, bem como para dinamizar os sectores de agroprocessamento, agronegócio, comercialização agrícola, serviços e turismo, dada a sua capacidade de inovação e transformação.
O Inquérito Nacional de Inovação nas Empresas, que estará a cargo do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), faz parte das acções prioritárias definidas pelo Governo de Moçambique, no seu Programa Quinquenal do Governo 2020-2024, visando promover o surgimento e desenvolvimento de MPME credíveis.
Carlos Mesquita falou também do Programa Industrializar Moçambique (PRONAI), uma iniciativa presidencial enquadrada na implementação do Programa Quinquenal do Governo, que visa “contribuir para o aumento da produção industrial nacional, de preferência fazendo uso da matéria-prima local, estimular a produção e reduzir a sua exportação em bruto, comercialização, bem como gerar emprego”.
Visita MIC a empresa integrada de frangos 01

Visita MIC a empresa integrada de frangos 01

Visita MIC a empresa integrada de frangos 02

Visita MIC a empresa integrada de frangos 02

Visita MIC a empresa integrada de frangos 03

Visita MIC a empresa integrada de frangos 03

Visita MIC a empresa integrada de frangos 04

Visita MIC a empresa integrada de frangos 04