• pt
seminariodeplanificacaopolitecnica 2
Comunicado da Universidade Politécnica sobre seminário de planificação
07/11/2015
José Mucavele no lançamento oficial do seu novo CD
Comunicado da mcel sobre o espectáculo de José Mucavele
07/11/2015

Balanço do último trimestre: CTA reúne-se com a Imprensa

Rogério Manuel Presidente da CTA

Para fazer o balanço das actividades desenvolvidas ao longo do ano em curso, particularmente no último trimestre, o Presidente da CTA-Confederação das Associações Económicas de Moçambique reuniu-se, recentemente, em Maputo, com os responsáveis editoriais de alguns dos principais órgãos de informação.
Rogério Manuel fez saber que este ano a CTA abriu um novo ciclo no Diálogo Público Privado. Como corolário disso, a organização assinou um Memorando de Entendimento com o Governo, com base no qual o sector privado passou a ter igualmente a responsabilidade para resolver as questões do diálogo.
“Neste contexto, o sector privado apresentou ao Governo um total de 22 prioridades que devem ser implementadas no período entre Agosto do corrente ano e Julho de 2016, com vista à melhoria do ambiente de negócios no País, tendo, por sua vez, o Governo apresentado seis questões para o mesmo período”, referiu o Presidente da CTA.
Em relação às actividades levadas a cabo pela CTA, Rogério Manuel destacou a reactivação do serviço do Provedor do Empresário: “Com efeito, foram recebidos e tramitados cinco casos de litígios de diferentes empresários, para além da aprovação, por iniciativa da CTA, de dois instrumentos legais ao longo do primeiro semestre, nomeadamente a Lei sobre a Central de Informação de Crédito de Gestão Privada e o Decreto sobre a Tolerância de Ponto”, frisou.
No que diz respeito ao ambiente de negócios, preocupa ao sector privado, conforme indicou Rogério Manuel, a depreciação do Metical face ao dólar norte-americano, que está a ter um impacto significativo nas empresas, através das importações de bens e serviços e o risco iminente da subida das taxas de juro de empréstimos.
Inquieta igualmente ao sector privado, as restrições no fornecimento de energia eléctrica ao sector produtivo que se têm verificado um pouco por todo o País, com impacto negativo nos negócios.
Importa referir que, com o objectivo de promover e divulgar as oportunidades de investimentos no País, a CTA participou na 51ª edição da FACIM, cujo stand foi visitado por mais de 450 pessoas. O ponto mais alto da participação nesta feira comercial foi a realização do seminário de promoção das oportunidades económicas e de investimentos em Moçambique, que teve como foco o Conteúdo Nacional.

 

Rogério Manuel Presidente da CTA

Rogério Manuel, Presidente da CTA