• pt
Entrega do certificado ao representante da Odebrecht
Dia Nacional do Contribuinte: Obrigações fiscais ainda aquém do desejável
22/03/2016
Visita ao laboratório de calibração de instrumentos do INAM
Para reforçar capacidade de previsão do tempo a norte do País: Moçambique vai adquirir dois radares meteorológicos
23/03/2016

Campanha nacional de saúde oral: Cárie dentária afecta crianças em idade escolar

Palestra sobre Saúde Oral

Uma avaliação feita pelo Ministério da Saúde indica que a cárie dentária é um dos principais problemas de saúde que afectam a criança em idade escolar no País devido, principalmente, à falta de observância de medidas de prevenção.
Esta situação culmina muitas vezes com a extracção dos dentes devido à ida tardia dos pacientes à unidade sanitária, revelou Elénia Macamo, directora nacional adjunta de Assistência Médica do Ministério da Saúde.
De acordo com Elénia Macamo, que falava recentemente, na cerimónia de lançamento da “Campanha Nacional de Saúde Oral das Escolas”, que este ano teve lugar na Escola Primária Completa de Namicopo 2, na cidade de Nampula, o problema da cárie dentária é muito preocupante e acarreta elevados custos ao Estado, devido à necessidade de adquirir medicamentos para o seu tratamento.
“É necessário que a população observe as medidas de prevenção, uma das quais passa por escovar os dentes três vezes ao dia e após as refeições. O dinheiro que está a ser usado na compra de medicamentos pode servir para construir mais escolas, hospitais, etc”, disse Elénia Macamo.
Durante a cerimónia, que teve como lema “Tudo começa aqui. Boca saudável. Corpo saudável” e que contou com o apoio da operadora de telefonia móvel mcel-Moçambique Celular, foram ministradas palestras sobre saúde oral e realizadas consultas gratuitas de estomatologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, para além da doação de sangue e administração de vacinas às crianças.
Para a mcel, que apoia esta iniciativa há cinco anos, a “Campanha Nacional de Saúde Oral nas Escolas” constitui uma forma de providenciar melhores condições de saúde para as crianças e à sociedade, no geral.
Ao associar-se a esta campanha, a mcel “mostra o seu cometimento na prevenção de doenças periodontais, que são um problema de saúde pública que requer muita atenção por afectar grande parte da população, em particular as crianças, influenciando negativamente o seu bem-estar e a qualidade de vida”, explicou Amílcar Zita, director Regional Norte da mcel.
Por seu turno, o administrador do distrito de Nampula, Alfredo Artur, apelou aos presentes para a necessidade de consultar o médico com regularidade e de pautar por bons hábitos de higiene para evitar esta e outras doenças tais como a cólera, a diarreia, etc.
“Esta tarefa é da responsabilidade de todos. Desde encarregados de educação, professores até a comunidade. Temos de garantir que a criança cresça saudável pois é dela que depende o futuro do País”, concluiu Alfredo Artur.

 

Palestra sobre Saúde Oral

Palestra sobre Saúde Oral

 

Elénia Macamo directora nacional adjunta de Assistência Médica do Ministério da Saúde

Elénia Macamo directora nacional adjunta de Assistência Médica do Ministério da Saúde

 

Amílcar Zita director Regional Norte da mcel

Amílcar Zita director Regional Norte da mcel

 

 

Alfredo Artur administrador do Distrito de Nampula

Alfredo Artur administrador do Distrito de Nampula

 

Participantes no lançamento da Campanha Nacional de Saúde Oral nas Escolas

Participantes no lançamento da Campanha Nacional de Saúde Oral