• pt
Acto de entrega do cheque ao primeiro classificado da XIII edição da Bienal TDM
INAUGURADA XIII EDIÇÃO DA BIENAL TDM DE ARTES PLÁSTICAS
24/09/2015
Capa do livro lançado em Maputo
Lançamento livro Informática e Tecnologias de Informação
02/10/2015

Capacitação de novos quadros nas empresas: Estágios pré-profissionais conferem credibilidade

Mesa que Presidiu as Jornadas Cientificas

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) considera que a aprovação, pelo Governo, do Regulamento de Estágios Pré-profissionais, em 2013, veio conferir mais credibilidade e eficiência ao processo de selecção e capacitação de novos quadros por parte das empresas.
No entender do Vice-Presidente da CTA, Agostinho Vuma, que falava esta quarta-feira, 30 de Setembro, na cerimónia de abertura das Jornadas Científicas da Universidade São Tomás de Moçambique, os estágios constituem uma oportunidade de os formandos, em particular os jovens, desenvolverem as suas competências e de melhorar o seu desempenho, aumentando, dessa forma, a probabilidade de serem absorvidos pelo mercado.
“Os estágios pré-profissionais são extremamente importantes para o desenvolvimento da carreira de todo o tipo de profissionais, pois permitem que os estudantes recém-graduados possam colocar em prática todo o conhecimento teórico adquirido ao longo da sua formação”, disse Agostinho Vuma.
Entretanto, porque o diferencial competitivo de uma empresa é determinado pelo seu capital humano, o Vice-Presidente da CTA encorajou as instituições de ensino superior a apostar na investigação científica baseada nas necessidades do País e das empresas.
Por isso, “temos que ser capazes de colocar a ciência ao serviço do desenvolvimento. Devemos incutir no seio dos docentes e discentes o gosto pela ciência e investigação orientadas para a solução dos vários problemas que a nossa sociedade enfrenta”.
Por seu turno, Joseph Wamala, Reitor da Universidade São Tomás de Moçambique, realçou o papel do ensino, em particular o superior, no desenvolvimento do País e na redução da pobreza.
“Quem tem a oportunidade de estudar tem mais probabilidades de conseguir um emprego que lhe permita romper o ciclo de pobreza. A formação da sociedade é um veículo de desenvolvimento do nosso País”, asseverou Joseph Wamala.
Para o Reitor da Universidade São Tomás de Moçambique, “o desenvolvimento económico e a prosperidade de uma nação já não são definidos somente com base no capital humano, mas também em termos de conhecimento. A vantagem competitiva de um País é a sua capacidade intelectual”.
As jornadas científicas da Universidade São Tomás de Moçambique decorrem no âmbito da celebração dos 10 anos de existência desta instituição de ensino superior e têm como lema “Formação, Integridade, Empregabilidade”.

 

Mesa que Presidiu as Jornadas Cientificas

Mesa que Presidiu as Jornadas Cientificas

 

Agostinho Vuma Vice Presidente da CTA

Agostinho Vuma Vice Presidente da CTA

 

Joseph Wamala Reitor da USTM

Joseph Wamala Reitor da USTM

 

Participantes nas Jornadas Cientificas

Participantes nas Jornadas Cientificas