• pt
Francisco Jose Manjate academico da Universidade Politecnica
Universidade Politécnica promove debate virtual sobre desafios do ensino superior
08/12/2020
Oferta simbolica dos produtos
Tmcel celebra Natal com pacientes do Hospital Psiquiátrico de Infulene
14/12/2020

Centro Educativo Multidisciplinar oferece assistência às comunidades locais

O Centro Educativo Multidisciplinar (CEM) da FUNDE-Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação, vai abrir, na Matola-Rio, um jardim infantil e uma escola primária completa, com vista a dar assistência às comunidades locais em áreas especializadas, como cuidados infantis, pré-escolares e ensino básico.

O jardim infantil, denominado “A Semente”, é um espaço concebido para promover a interdisciplinaridade no desenvolvimento infantil. Para o efeito, foi desenhado um programa pedagógico, inovador e criativo, que marcará a diferença pelo facto de ser um espaço de aplicação de conhecimentos produzidos na Universidade Politécnica para a educação infantil.

Por sua vez, a escola primária, denominada Escola Primária Completa Lamuka, do CEM, visa assegurar uma formação básica de qualidade às crianças e adolescentes que lhes garanta a descoberta e o desenvolvimento dos seus interesses e aptidões, capacidade de raciocínio, memória, espírito crítico e criatividade.

“A FUNDE precisa de manter com a comunidade uma relação de reciprocidade, pois só assim será possível a difusão das conquistas e benefícios que são produzidos nas universidades e o Centro Infantil A Semente terá esta função”, explicou Girlane da Silva, presidente da Comissão Instaladora (PCI) do CEM.

A proximidade de um centro infantil e de uma escola primária com a vida universitária, conforme sustentou, vai agregar desafios importantes à reflexão sobre as crianças em Moçambique. Esta poderá ser a direcção para dar início a uma prática que alie o ensino, pesquisa e extensão, justificando assim a pertinência da existência de um centro infantil e de uma escola primária no âmbito universitário.

“Nós valorizamos e incentivamos as crianças a conhecerem e a praticarem o amor, a alegria, o respeito, a tolerância, a generosidade e a solidariedade para que saibam viver bem numa sociedade em constante mutação”, frisou.

Com capacidade para acolher 75 crianças com idades compreendidas entre dois e cinco anos, as instalações do Jardim Infantil “A Semente” serão apresentadas, à semelhança das instalações da Escola Primária Completa Lamuka e da clínica comunitária de Atendimento Psicológico e com um serviço de Apoio Jurídico, ao público no Dia Aberto, a ter lugar a doze de Dezembro, no município da Matola.

O evento público será, igualmente, marcado pela realização de barganha de livros, oficina de artes para crianças, doação de sangue, entre outras actividades.