• pt
Algumas das crianças beneficiárias do projecto cidadania
Com o apoio do Standard Bank: Emitidos perto de 4.500 documentos de identificação no mais populoso bairro de Pemba
22/01/2016
tdm
PCA do IGEPE realiza visita de trabalho à TDM
28/01/2016

Com a participação de Jimmy Dludlu: IX edição Festival da Marrabenta vai homenagear Nanando

Jimmy Dludlu convidado especial do Festival da Marrabenta

O músico e guitarrista Jimmy Dludlu é a figura de cartaz da nona edição do Festival Marrabenta, que terá lugar nos dias 2 e 3 de Fevereiro próximo, que também servirá para homenagear o guitarrista e compositor Nanando.
O festival irá decorrer em quatro palcos da cidade e província de Maputo, nomeadamente Centro Cultural Franco-Moçambicano e Estação Central dos Caminhos de Ferro de Moçambique, no dia 2, Centro Cultural de Matalane e Vila Distrital de Marracuene, no dia 3.
Para além da presença de Jimmy Dludlu, a outra particularidade da nona edição do Festival Marrabenta tem a ver com o regresso do agrupamento Mabulu, há muito retirado dos palcos.
Igualmente, farão parte do evento os músicos Stewart Sukuma, Alberto Mucheca, Gabriel Chiau, Xidiminguana, Dilon Djindji, Orquestra Djambo, os Galetons, Banda Nkuvu, Mozpipa, Team Sabawana, República do Pandza, entre outros.
Conforme explicou Paulo Sithoe, representante da produtora Laboratório de Ideias, organizadora do evento, o Festival Marrabenta serve não só para preservar este estilo musical, mas também para exaltar a cultura moçambicana.
Nesse sentido, acrescentou, “é importante que seja dado o devido valor e apoio aos nossos músicos, não só quando se trata de eventos deste género, mas também a título individual. Eles são os verdadeiros fazedores da nossa cultura”.
O Festival Marrabenta, que já vai na sua nona edição, conta com o alto patrocínio da operadora de telefonia mcel-Moçambique Celular, que tem a cultura como uma das suas principais áreas de intervenção, a par da educação, desporto, entre outras.
Na sua intervenção, o Chefe do Grupo de Eventos, Promoções e Patrocínios da mcel, Jonas Alberto, frisou o facto de o Festival Marrabenta ser um dos poucos que consegue juntar no mesmo palco artistas da velha e nova gerações, contribuindo, desse modo, para a preservação da Marrabenta e troca de experiência.
“Está de parabéns a produtora Laboratório de Ideias pela ousadia de promover estes encontros de forma regular, desde 2008. A mcel sente-se honrada por fazer parte dos que tornam isso possível. A cultura moçambicana e a Marrabenta precisam deste tipo de iniciativas”, disse Jonas Alberto.
Por seu turno, Jimmy Dludlu prometeu brindar o público com um bom espectáculo, como já nos habituou, “e aproveitar a ocasião para prestar a devida homenagem a Nanando, guitarrista e compositor que perdeu a vida em 2010”.
Jimmy Dludlu diz ter feito este pedido à organização quando foi convidado para fazer parte desta edição do Festival Marrabenta, que conta também com o patrocínio de várias instituições, dentre elas a empresa Caminhos de Ferro de Moçambique, Centro Cultural Franco-Moçambicano e Agência Suíça para a Cooperação e Desenvolvimento.

 

Jimmy Dludlu convidado especial do Festival da Marrabenta
Jimmy Dludlu convidado especial do Festival da Marrabenta

 

Mesa que presidiu a conferência de imprensa da IX edição do Festival da Marrabenta

Mesa que presidiu a conferência de imprensa da IX edição do Festival da Marrabenta

 

Foto em família

Foto em família

 

Paulo Sithoe Organização

Paulo Sithoe Organização

 

Jonas Alberto Chefe do Grupo de Eventos Promoções e Patrocínios da mcel

Jonas Alberto Chefe do Grupo de Eventos Promoções e Patrocínios da mcel