• pt
Assinatura do acordo entre a FUNDE e o JOBA
Nos próximos três anos: FUNDE vai formar mais de 700 técnicos médios em Tete e Nampula
04/11/2017
Inauguração Serviços Grátis de Internet no Jardim Tunduro
Jardim Tunduru já dispõe de sinal gratuito de internet
07/11/2017

Construção da Odebrecht permite suprir 50% da energia em Angola

Odebrecht

A segunda unidade geradora de energia na hidroeléctrica de Laúca, em Angola, acaba de ser inaugurada, elevando a potência da maior obra de engenharia da Odebrecht, naquele país, para 664 MW, incluindo a primeira unidade geradora inaugurada em Agosto passado.

A hidroeléctrica de Laúca constitui o maior empreendimento em construção em Angola, com capacidade total de potência instalada de 2.070 MW. Com a entrada em acção da segunda turbina – de um total de seis – Laúca passa a suprir cerca de 50 por cento da demanda média de energia naquele país.

Com as seis turbinas em funcionamento, a energia produzida expandirá o sistema eléctrico já existente e abastecerá aproximadamente oito milhões de habitantes.

Para Beatriz João, que trabalha como operadora no edifício de controlo, fazer parte deste projecto é a concretização do sonho de contribuir para o desenvolvimento do país.

“Eu transmito os meus conhecimentos aos jovens com muita responsabilidade, porque só desta forma é que posso contribuir para o desenvolvimento de Angola”, disse.

Em Março, equipas da Odebrecht fecharam o túnel de desvio do Rio Kwanza, processo que deu início ao enchimento da albufeira – grande reservatório de 188 km de extensão que hoje chega a 811 metros de profundidade.

 

Odebrecht