• pt
Pormenor do lançamento da Campanha Pagou Ganhou
AdeM estimula uso das plataformas e canais alternativos para pagamento das facturas
01/11/2020
3 Entrega simbolica dos ventiladores
Standard Bank investe em meios para reduzir número de mortes causadas pela Covid-19
09/11/2020

Coronavírus constitui oportunidade para PME apostarem na inovação

Sasha Vieira responsavel pela Incubadora de Negocios do Standard Bank

Sasha Vieira responsavel pela Incubadora de Negocios do Standard Bank

A actual pandemia do novo Coronavírus constitui uma oportunidade para as pequenas e médias empresas (PME) e os empreendedores apostarem na inovação, considera Sasha Vieira, responsável pela Incubadora de Negócios do Standard Bank, que, em parceria com a Lionesses of Africa e a Embaixada do Reino dos Países Baixos, organizou, recentemente, o primeiro Lioness Lean In Webinar de 2020, um evento virtual de partilha de experiências e estabelecimento de parcerias entre mulheres empreendedoras.

Moçambique tem uma população de cerca de 30 milhões de habitantes, dos quais 12 milhões são trabalhadores. Porém, somente 1.7 milhão, correspondente a 14%, é que têm acesso ao emprego formal, o que impõe o desafio de formalizar os restantes 11.3 milhões (86%), que são absorvidos pelo sector informal.

Para ajudar a reverter este quadro, é necessário, entre outras acções, impulsionar as mulheres e raparigas, bem como os seus negócios e empreendimentos, o que vai, também, contribuir para o alcance da igualdade de género, um dos 17 Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“Em Moçambique, 70% da pobreza é concentrada em mulheres, por isso há necessidade de estimular as suas ideias e sonhos, pois só assim é que poderemos ajudar a formalizar a nossa economia. A pandemia obrigou-nos a reinventarmo-nos e temos de continuar a apostar no empreendedorismo, a dar visibilidade às PME e aos negócios liderados por mulheres para sairmos desta situação”, disse Sasha Vieira.

Por seu turno, a fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa, Melanie Hawken, instou às participantes a serem mais unidas e partilharem as oportunidades existentes no mercado, principalmente nesta fase da pandemia: “É importante que cooperem e colaborem. Criem conexões pois nunca precisamos tanto umas das outras como agora. Juntas somos mais fortes”.

Na ocasião, o vice-embaixador do Reino dos Países Baixos em Moçambique, Michiel Van Der Pompe, realçou o facto de o evento ter decorrido num ambiente virtual. Para si, esta nova abordagem deve servir de inspiração para que as mulheres busquem alternativas sempre que encontrarem diante de um obstáculo. “Nunca se deve parar. Inovem e adaptem-se às diversas situações. Saiam deste evento inspiradas e mais fortalecidas para enfrentar os desafios, especialmente os impostos pela pandemia da Covid-19”.

O evento teve como oradoras principais Andrea Serra (sócia-proprietária do Centro de Psicologia PsicoEstar), Ana Gonçalves (Magambi – Serviços de Apoio à Parentalidade) e Denise Cortês-Keiser (DCK Africa – plataforma online de capacitação de mulheres e empreendedores africanos, e de promoção de comércio e investimentos intra-africanos). As três falaram da sua trajectória no ramo empresarial e de negócios.

Para Denise Cortês-Keiser, empreendedora desde os 30 anos de idade, as mulheres, apesar de constituírem a maioria da população moçambicana, ainda não têm poder e espaço para influenciar processos e criar impacto na economia, daí a necessidade de a mulher tomar a dianteira e construir a sua própria história na sociedade. Por isso, mais do que ter ideias inovadoras, sublinha, “é necessário estruturá-las e concentrar-se para as implementar. É importante, também, envolver a família nos nossos processos evolutivos, inclusive nos negócios. Temos que transmitir os nossos conhecimentos e deixar um legado”.

Para além das oradoras, o Lioness Lean In Webinar contou com três expositoras, nomeadamente Sofia Pedroso-Mokcha (nutricionista e co-fundadora da Mokcha – chás e infusões naturais), Carla Pinto (With Love – marca moçambicana de presentes personalizados) e Kathy de Araújo (co-fundadora da Fluir – Centro de Desenvolvimento Pessoal), que apresentaram os seus produtos e serviços às participantes.

Importa realçar que o Lioness Lean In Breakfast é um evento que visa dar visibilidade às empreendedoras moçambicanas, e, por via disso, alargar o seu acesso ao mercado e ajudá-las a criar redes de negócios.

Denise Cortes Keiser oradora 1

Denise Cortes Keiser oradora 1

Denise Cortes Keiser oradora 2

Denise Cortes Keiser oradora 2

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa 1

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa 1

Michiel Van Der Pompe vice embaixador e chefe de Cooperacao do Reino dos Paises Baixos em Mocambique 2

Michiel Van Der Pompe vice embaixador e chefe de Cooperacao do Reino dos Paises Baixos em Mocambique 2

Michiel Van Der Pompe vice embaixador e chefe de Cooperacao do Reino dos Paises Baixos em Mocambique 3

Michiel Van Der Pompe vice embaixador e chefe de Cooperacao do Reino dos Paises Baixos em Mocambique 3

Sasha Vieira responsavel pela Incubadora de Negocios do Standard Bank

Sasha Vieira responsavel pela Incubadora de Negocios do Standard Bank