• pt
Actuação de Salif Keita
Salif Keita: Dono da “voz dourada” encanta e deixa saudades
15/11/2014
Obras de electrificação em curso na Matola Gare
Província do Maputo: Mais 10 mil famílias vão beneficiar de energia eléctrica
17/11/2014

CTA prepara-se para os próximos 5 anos

Membros da CTA no retiro de reflexão estratégica da organização

A CTA-Confederação das Associações Económicas de Moçambique realizou, entre os dias 14 e 15 do corrente mês, no distrito de Bilene, na província de Gaza, uma profunda reflexão estratégica, na qual foram definidos os objectivos da organização para os próximos cinco anos, bem como o novo modelo de diálogo público-privado.
Acrescem-se a estas acções, desenvolvidas no retiro de Bilene, a avaliação do Plano Estratégico 2010/2014 e o lançamento das bases para a definição de políticas de conteúdo local e de ligações empresariais com os megaprojectos.

Com esta abordagem profunda, pretende-se operacionalizar a visão da CTA, identificando a imagem de sucesso da organização a médio prazo, através da definição de estratégias de actuação para o alcance dos objectivos preconizados do sector privado nacional.

Para o presidente da CTA, Rogério Manuel, o sector privado tem vindo a contribuir, significativamente, para o desenvolvimento económico e social do País, sendo por isso imperioso que a organização continue a empreender esforços, com vista a reforçar a sua intervenção no processo de produção e geração de riqueza.

Rogério Manuel, que falava na abertura do encontro de reflexão estratégica da CTA, ocorrido o distrito turístico de Bilene, disse que na referida reunião será definido o posicionamento do sector privado em relação à condução do diálogo público-privado: “Esta posição deverá ser oficialmente apresentada ao Governo que será investido em 2015”, indicou.

Segundo enfatizou, a definição dos objectivos e estratégias da Confederação, para os próximos cinco anos, tem como enfoque a necessidade de se imprimir cada vez mais reformas, bem como a participação das empresas moçambicanas nos negócios de exploração dos recursos naturais.

Refira-se que o encontro debruçou-se ainda sobre a capacitação institucional da CTA e o papel da agremiação na implementação da Estratégia para a Melhoria do Ambiente do Negócios-EMAN II, que tem por objectivo assegurar uma segunda geração de reformas que consolide e conclua as accões em curso e concentre as reformas em dois objectivos estratégicos, nomeadamente, a melhoria do controlo de implementação e monitoria para se evitar os constrangimentos constatados na estratégia anterior.

A CTA é uma organização económica não-governamental, apartidária, cuja missão é contribuir para o desenvolvimento económico e social de Moçambique, baseado no crescimento do sector privado, promovendo e protegendo as oportunidades de negócios e iniciativas privadas, cultura e o associativismo empresariais.

 

 

Membros da CTA no retiro de reflexão estratégica da organização

Membros da CTA no retiro de reflexão estratégica da organização

 

Rogério Manuel - Presidente da CTA

Rogério Manuel – Presidente da CTA

 

Participantes na reunião de reflexão estratégica da CTA

Participantes na reunião de reflexão estratégica da CTA