Reffers
A partir de Outubro: Porto da Beira apetrechado com novo sistema de gestão de contentores frigoríficos
31/08/2023
Cornelder 1
No Corredor da Beira: Nova linha de navegação traz diversidade de escolha para os importadores e exportadores
02/09/2023
Reffers
A partir de Outubro: Porto da Beira apetrechado com novo sistema de gestão de contentores frigoríficos
31/08/2023
Cornelder 1
No Corredor da Beira: Nova linha de navegação traz diversidade de escolha para os importadores e exportadores
02/09/2023

Da Universidade Politécnica: Núcleo de Práticas Psicológicas vai apoiar vítimas de violência doméstica e assédio sexual

Imagem WhatsApp 2023 09 01 às 00.04.50

Imagem WhatsApp 2023 09 01 às 00.04.50

As vítimas de violência doméstica, abuso sexual, violência psicológica, assédio sexual, consumo de drogas, assim como crianças com perturbações mentais como síndrome de Dawn, autismo, entre outros, ou problemas psicológicos e emocionais, contam, desde a última quinta-feira, 31 de Agosto, com um Núcleo de Práticas Psicológicas da Universidade Politécnica, na cidade de Maputo.

O núcleo, que vai funcionar no Instituto Superior de Gestão, Ciências e Tecnologias (ISGCT), uma unidade orgânica da Universidade Politécnica, integra profissionais qualificados, acompanhados por estudantes estagiários, na fase final do curso de psicologia.

Na cerimónia de abertura da referida unidade, o director-geral do ISGCT, Inocente Vasco Mutimucuio, referiu que o Núcleo de Práticas Psicológicas surge no âmbito da revisão curricular, com o objectivo de criar espaços e oportunidades para a realização de práticas que ajudam a desenvolver competências nos estudantes.

“Esperamos que usem bem este espaço e que comecem a pensar muito alto e de forma ousada. Este espaço deve ser sonante, ser ouvido e ser utilizado pela comunidade estudantil, comunidade circunvizinha e por toda a cidade de Maputo”, recomendou Inocente Mutimucuio.

Por sua vez, o coordenador do Núcleo de Práticas Psicológicas, Hachimo Chagane, explicou que a iniciativa se enquadra no cumprimento da orientação do reitor da Universidade, Narciso Matos, para a criação de um projecto de intervenção psicossocial para atender a ocorrências que se registaram, com frequência.

“O núcleo foi criado para dar respostas, em face de algumas ocorrências que estavam a registar-se aqui na nossa universidade, tais como, consumo de drogas, assédio sexual, dificuldades de lidar com as consequências da transição do ensino secundário para o ensino superior e da integração, apatia, falta de motivação e desinteresse pelos estudos, impacto das experiências e vivências da dinâmica familiar, estudantes com epilepsia e outros problemas de alteração psicológica, explicou Hachimo Chagane.

A estudante e estagiária no Núcleo de Práticas Psicológicas da Universidade Politécnica, Shanny Utenga, disse, a propósito da abertura do estabelecimento, ser a conclusão de um projecto que tem por objectivo oferecer suporte psicológico e terapêutico às pessoas que necessitam.

“Este núcleo de práticas psicológicas também representa um espaço para promover a disseminação do conhecimento e a capacitação na área da psicologia”, concluiu Shanny Utenga.
Importa referir que, durante a abertura do Núcleo de Práticas Psicológicas, foram realizados workshops e palestras, com o intuito de ampliar e enriquecer o conhecimento, não apenas dos profissionais actuantes, mas também da comunidade em geral.

 

Shanny Utenga, estudante e estagiária finalista no Núcleo de Práticas (2)

Shanny Utenga, estudante e estagiária finalista no Núcleo de Práticas

Inocente Mutimucuio, director geral do ISGCT (3)

Inocente Mutimucuio, director geral do ISGCT

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Docentes e profissionais do Núcleo de Práticas Psicológicas

Docentes e profissionais do Núcleo de Práticas Psicológicas

Participantes (2) (1)

Participantes

 

 

 

 

 

 

 

Corte de fita 2

Corte de fita