Press Release

Notice: Undefined variable: html in /home/fimdesemanaco/public_html/plugins/content/fastsocialshare/fastsocialshare.php on line 207

A Pró-Reitora para Pós-Graduação, Investigação Científica, Extensão Universitária e Cooperação da Universidade Politécnica, Rosânia da Silva, considera que o senso-comum tem dominado as discussões sobre a qualidade do ensino superior moçambicano, razão pela qual têm sido apontados mais falhas ou deficiências do sistema do que os sucessos alcançados.

 

Para Rosânia da Silva, os defensores desta corrente ignoram o facto de grande parte dos académicos e quadros que hoje estão a gerir, de forma competente, as instituições públicas e privadas no País terem sido formados em universidades nacionais.

 

Entretanto, a Pró-Reitora para Pós-Graduação, Investigação Científica, Extensão Universitária e Cooperação da Universidade Politécnica admite a possibilidade de as falhas e deficiências apontadas ao ensino superior moçambicano se deverem ao desequilíbrio e ao desnível existente entre as instituições.

 

“O desequilíbrio e o desnível entre as instituições que actuam no País têm feito com que a balança penda sempre para as falhas e não para os sucessos do sistema”, explicou Rosânia da Silva durante a oração de sapiência por si proferida, recentemente, na cidade de Tete, por ocasião da abertura do ano lectivo do Instituto Superior Universitário de Tete (ISUTE), uma unidade orgânica da Universidade Politécnica.

 

Por isso, “ainda se dá mais valor a um diploma estrangeiro, ainda que emitido por uma universidade desconhecida e sem nenhum prestígio até dentro do próprio País, do que um emitido por uma instituição moçambicana”, acrescentou.

 

De acordo com Rosânia da Silva, algumas das falhas e deficiências apontadas têm que ver com os altos índices de aprovações ou reprovações, os atrasos ou as abstenções dos docentes, o fraco desempenho dos docentes na transmissão dos conteúdos, entre outros factores.

 

Neste sentido, Rosânia da Silva defende a necessidade da definição de modelos e parâmetros de qualidade consentâneos à realidade do País.

“Ao analisar uma universidade de um país em desenvolvimento, como é o caso de Moçambique, buscando modelos e parâmetros das universidades europeias ou de grandes e tradicionais centros de conhecimento, estamos a buscar modelos externos nos quais procuramos encaixar-nos. A definição dos indicadores de qualidade no ensino superior deve estar relacionada com os diversos intervenientes do processo, nomeadamente estudantes, professores, gestores, mercado de trabalho/empregadores”.

 

“Moçambique já trilhou um longo percurso desde a independência nacional, em que havia uma única universidade pública com um número reduzido de estudantes, até o momento actual, em que temos 52 instituições de ensino superior e cerca de 175.000 estudantes. Este é um indicador quantitativo, mas não podemos sequer pensar nos indicadores qualitativos se não tivermos um número cada vez maior de estudantes com acesso ao ensino”, concluiu.

 

Rosânia da Silva Pró Reitora para Pós Graduação Investigação Científica Extensão Universitária e Cooperação

Rosânia da Silva Pró Reitora para Pós Graduação Investigação Científica Extensão Universitária e Cooperação

 

 

FDS

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, reitera a necessidade de o desenvolvimento do ramo portuário estar alinhado com o transporte ferroviário como forma de assegurar a necessária competitividade e eficiência das infra-estruturas.


Para o [ ... ]

Ler comunicado
FDS

O projecto Agro-Jovem, uma iniciativa da Gapi-Sociedade de Investimentos financiado pela Danida, acaba de conceder, na província de Sofala, financiamentos a dois projectos avícolas de jovens estudantes universitários, no valor total de um milhão e trezentos mil meticais.

 

Estes [ ... ]

Ler comunicado
FDS

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, prevê para breve a introdução na cidade da Beira do sistema integrado de transportes de passageiros composto por automotoras e autocarros (Metrobus), através duma parceria entre o Governo e um operador [ ... ]

Ler comunicado
FDS

A Associação Internacional de Estudantes de Ciências Económicas e Empresariais (AIESEC-Moçambique) realiza, entre os dias 27 e 30 de Abril, na cidade de Maputo, uma conferência internacional de liderança, denominada Mozambique Leadership Seminar (MozLDS 2018), [ ... ]

Ler comunicado
FDS

No âmbito da concepção e desenvolvimento da plataforma de gestão do Sistema de Informação do Mercado do Trabalho (SIMT), o Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS) reuniu-se na quinta-feira, 26 de Abril, com diversas fontes relevantes [ ... ]

Ler comunicado
FDS

A abundância de recursos energéticos, em Moçambique, sugere a existência de um potencial de produção de energia eléctrica de aproximadamente 14 GigaWatt (GW), dos quais 5.7GW poderão ser desenvolvidos, num futuro breve, a partir de recursos hídricos, [ ... ]

Ler comunicado
FDS

A Prova Anual de Vida (PAV) dos pensionistas do Sistema de Segurança Social que, pela primeira vez será de forma biométrica, inicia esta quinta-feira, 26 de Abril, em todo o País.

 

O acto central do lançamento da PAV terá lugar no distrito de Monapo, na [ ... ]

Ler comunicado
FDS

A equipa sénior masculina da Universidade Politécnica sagrou-se campeã da Taça Maputo em basquetebol ao derrotar, no sábado, 21 de Abril, na final, o Ferroviário de Maputo por 75-62.

 

Foi uma partida bastante renhida, embora a Universidade Politécnica [ ... ]

Ler comunicado
FDS

A Hidroeléctrica de Laúca, localizada no rio Kuanza e com uma potencia total de 2.070 MW, está prestes a tornar-se na maior central hidroeléctrica de Angola.

 

O terceiro grupo gerador vai entrar em funcionamento no final de Abril, o que vai permitir ultrapassar a produção [ ... ]

Ler comunicado
FDS

O Standard Bank apoia a realização, de 24 a 26 de Abril, em Maputo, da sexta edição da conferência Mozambique Mining Oil and Energy (MMEC), que visa debater sobre as diversas oportunidades de investimento que o País oferece nos sectores de mineração, [ ... ]

Ler comunicado
FDS

O Instituto de Ética da África de Sul (TEI), em parceria com o Instituto de Directores de Moçambique (IODmz), realiza, entre os dias 16 e 19 de Abril, em Maputo, o primeiro Programa de Formação para Oficiais de Ética (EOTP).


Participam nesta formação [ ... ]

Ler comunicado
Mais Comunicados

Leandro Paul

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

+258 823007740
+258 843007740
+258 21321946

António Dias

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

+258 823140960
+258 843140960
+258 21321945

FDS Fim de Semana, Lda

Agência de Comunicação e Imagem
Avenida 25 de Setembro, Nº1123,
1º Andar, Flat D-E-F
Prédio Cardoso
Maputo, Moçambique