A Prova Anual de Vida (PAV) dos pensionistas do Sistema de Segurança Social que, pela primeira vez será de forma biométrica, inicia esta quinta-feira, 26 de Abril, em todo o País.

 

O acto central do lançamento da PAV terá lugar no distrito de Monapo, na província de Nampula e será dirigido pela ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Dias Diogo.

 

Cerimónias idênticas decorrerão em simultâneo noutras províncias, em encontros a serem dirigidos pelos directores provinciais do Trabalho, Emprego e Segurança Social, com a presença de quadros do INSS e parceiros sociais.

 

Brigadas técnicas do INSS estarão instaladas em vários locais, nas cidades e nos distritos, previamente indicados pelas delegações provinciais de Segurança Social para o atendimento aos pensionistas.

 

Para a realização da PAV, os titulares das pensões, nomeadamente os pensionistas de velhice, de invalidez e de sobrevivência, devem ser portadores do bilhete de identidade (talão ou passaporte) e do cartão de pensionista. Os filhos, com idade entre os 18 e 25 anos, devem ainda apresentar o certificado de frequência de ensino médio ou superior.

 

Aos pensionistas que, em razão de seu estado de saúde, estiverem incapacitados de se deslocar aos locais da PAV, os técnicos do INSS irão prestar atendimento domiciliário.

 

Ainda no mesmo dia, o INSS vai inaugurar o novo edifício da Delegação Distrital do INSS de Monapo, numa cerimónia a ser dirigida pela ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

 

Trata-se de um empreendimento construído de raiz, com o objectivo de proporcionar atendimento condigno aos utentes do Sistema de Segurança Social, nomeadamente beneficiários, pensionistas e contribuintes.

 

A inauguração daquela infra-estrutura insere-se no âmbito da visita que a titular da pasta de Trabalho, Emprego e Segurança Social, realiza de 25 a 27 do mês em curso, à província de Nampula, no quadro da verificação do grau de cumprimento das actividades do Plano Económico e Social (PES) do pelouro.

 

O empreendimento, erguido no quadro da Política de Desenvolvimento Imobiliário do INSS, ocupa um total de 360m² e comporta diversas áreas de serviço, como atendimento ao público, tesouraria, salas de reuniões e de pensionistas, arquivo, entre outros compartimentos.

Refira-se que a Delegação Distrital do INSS assiste, para além de Monapo, os distritos de Meconta, Muecate, Mossuril e Ilha de Moçambique, contando actualmente com 123 contribuintes (empresas), 5.165 beneficiários (trabalhadores), 493 pensionistas e 137 Trabalhadores por Conta Própria.

 

IMG 20171020 094921

 

IMG 20171020 095013

 

IMG 20171020 095036