• pt
Adesão Légua mcel celebrada entre a mcel-Moçambique Celular e a Federação Moçambicana de Atletismo (FMA)
Légua mcel chega à Beira no próximo sábado
11/08/2015
mcel
Roaming na África do Sul: mcel reduz tarifa em 65%
13/08/2015

Ensino à distância: Escola Superior Aberta introduz plataforma electrónica

Seminário sobre a introdução das TICs no ensino à distância

A Escola Superior Aberta (ESA), a unidade de Ensino à Distância da Universidade Politécnica, pretende introduzir uma plataforma electrónica, com vista a tornar esta modalidade de ensino e aprendizagem mais atractiva, assim como melhorar a oferta e gestão dos cursos ministrados de ensino superior.
Para o efeito, a instituição já adquiriu 12 computadores completos e está em via de adquirir um servidor ao que se seguirá a instalação do equipamento na Sala de Informática e a Plataforma. A fase seguinte será de criação de condições para a implantação de Centros de Recursos nas Províncias onde a ESA está a oferecer os Cursos de Ensino à Distancia.
Augusto Jone, Director da Escola Superior Aberta, explicou
à margem do seminário realizado no dia 12 de Agosto de 2015 em Maputo sobre a introdução das Tecnologias de Informação e Comunicação no Ensino à Distância, no contexto da celebração dos 20 anos da Politécnica.
“Actualmente, trabalhamos com recurso a emails, chamadas telefónicas e material impresso. Mas o mundo está a usar plataformas, um elemento importante na gestão dos programas de ensino à distância”, disse Augusto Jone.
Mais adiante, o Director da ESA apontou a interactividade com uma das vantagens do uso de uma plataforma. “O aluno do ensino à distância é uma pessoa virtual e se pretendemos que ele tenha maior interacção e se comunique mais com os colegas e tutores temos de recorrer às Tecnologias de Informação e Comunicação”.
Entretanto, para a concretização deste desiderato há desafios que se impõem, sendo um deles a contratação de pessoal qualificado para o efeito. “A plataforma precisa de administrador e gestores, que são os técnicos de informática afectos para esta actividade”.
Igualmente, “precisamos de ter uma equipa para a elaboração de conteúdos, que será responsável pela transformação do material impresso em material digitalizado. Para além disso, é necessário capacitar todos os envolvidos no ensino à distância”, concluiu Augusto Jone.

 

Seminário sobre a introdução das TICs no ensino à distância

 

Seminário sobre a introdução das TICs no ensino à distância

 

Augusto Jone - Director da Escola Superior Aberta-ESA

Augusto Jone – Director da Escola Superior Aberta-ESA

 

Participantes no seminário sobre a introdução das TICs no ensino à distância

 

Participantes no seminário sobre a introdução das TICs no ensino à distância