• pt
Ministro da Indústria e Comércio do Malawi a receber esclarecimentos sobre o funcionamento da Janela Única Electrónica pelo Director Geral das Alfândegas de Mo
Entre Moçambique e Malawi: JUE permite maior celeridade no desembaraço de mercadorias
30/06/2015
Acto de entrega do troféu e selo Superbrands ao Administrador Comercial da mcel Cláudio Chiche
Na área de telecomunicações: mcel distinguida melhor Superbrand
01/07/2015

ENTRE MOÇAMBIQUE E MALAWI: JUE PERMITE MAIOR CELERIDADE NO DESEMBARAÇO DE MERCADORIAS.

O ministro da Indústria e Comércio do Malawi, Joseph Mwanamvekha, considera que o uso da Janela Única Electrónica vai conferir “celeridade ao processo de desembaraço de mercadorias importadas através dos portos moçambicanos, em regime de trânsito” para aquele país.
Para que tal desiderato seja alcançado, segundo o governante malawiano, é necessário “flexibilizar a troca de informações entre as várias entidades envolvidas neste processo, bem como divulgar os custos inerentes às transacções comerciais por via dos meios electrónicos disponíveis, neste caso da Janela Única Electrónica”. 
Joseph Mwanamvekha fez este pronunciamento, na semana passada, após uma visita ao centro de operações da Janela Única Electrónica, durante a qual se inteirou do funcionamento do primeiro serviço público online do País. 
A visita do ministro da Indústria e Comércio do Malawi, ao centro de operações da Janela Única Electrónica, estava inserida na deslocação que o governante efectuou ao nosso País, tendo igualmente mantido encontros com o seu homólogo moçambicano, Ernesto Max Tonela. 
Por seu turno, o director-geral das Âlfandegas de Moçambique, Guilherme Mambo, assegurou à delegação malawiana que, com a Janela Única Electrónica, “estão criadas todas as condições para que o desembaraço de mercadorias, não só do Malawi, seja mais célere”.
Guilherme Mambo explicou ainda que a Janela Única Electrónica “não só permite às Alfândegas dos dois países a troca eficiente de informação em tempo real, como também possibilita maior controle das cargas evadidas. As estatísticas disponíveis no sistema da JUE permitem aferir se as cargas em trânsito no território aduaneiro de Moçambique correspondem às importações no Malawi através das fronteiras dos dois países”, acrescentou.

Ministro da Indústria e Comércio do Malawi a receber esclarecimentos sobre o funcionamento da Janela Única Electrónica pelo Director Geral das Alfândegas de Mo

Ministro da Indústria e Comércio do Malawi a receber esclarecimentos sobre o funcionamento da Janela Única Electrónica pelo Director Geral das Alfândegas de Moçambique.

Ministro da Indústria e Comércio do Malawi a receber explicações sobre o funcionamento da Janela Única Electrónica 1

Ministro da Indústria e Comércio do Malawi a receber explicações sobre o funcionamento da Janela Única Electrónica 

Foto em família com o Ministro da Indústria e Comércio do Malawi - Director Geral das Alfândegas de Moçambique e representantes da MCNet

Foto em família com o Ministro da Indústria e Comércio do Malawi – Director Geral das Alfândegas de Moçambique e representantes da MCNet

Joseph Mwanamvekha - Ministro da Indústria e Comércio do Malawi

Joseph Mwanamvekha – Ministro da Indústria e Comércio do Malawi