• pt
Mesa que presidiu a conferência de imprensa de lançamento do Standard Bank Open 2017
9 a 17 de Dezembro: Tunduro acolhe sétima edição do Standard Bank Open
05/12/2017
Melanie Hawken fundadora do Lionesses of Africa
Incubadora de Negócios junta mulheres empreendedoras
05/12/2017

Fusão da TDM/mcel: Manuela Rebelo exorta nova empresa a reocupar o seu espaço no mercado das telecomunicações

Brinde alusivo às comemorações dos 20 anos da mcel

A vice-ministra dos Transportes e Comunicações, Manuela Rebelo, diz que o processo de fusão das empresas mcel-Moçambique Celular e Telecomunicações de Moçambique (TDM), ora em curso, deve dar origem a uma companhia virada para o futuro e para fazer face aos desafios das modernas tecnologias de comunicação.

 

Para alcançar este objectivo, a nova empresa deve, segundo a vice-ministra, apostar na melhoria da qualidade dos seus serviços e na convergência tecnológica e expansão e consolidação da sua presença no território nacional.

 

Manuela Rebelo falava, recentemente, no programa de celebração dos 20 anos de existência da mcel, a primeira operadora de telefonia móvel no País, criada pelo Governo moçambicano em Novembro de 1997.

 

No seu discurso de ocasião, a vice-ministra dos Transportes e Comunicações defendeu a necessidade de a empresa se reposicionar para ocupar o seu espaço no mercado das telecomunicações.

 

Entretanto, e no que diz respeito à fusão da mcel com a TDM, Manuela Rebelo referiu que “o processo está a decorrer de forma harmoniosa, estando salvaguardados todos os interesses das partes envolvidas, nomeadamente trabalhadores, clientes e parceiros”.

 

Por seu turno, o presidente do Conselho de Administração da TDM-mcel, Rafique Jusob, afirmou que os 20 anos da empresa foram marcados por grandes desafios, muitos dos quais ligados à entrada de novos operadores no mercado.

 

“Os desafios obrigaram-nos a redobrar à atenção para com os serviços prestados aos nossos clientes, de modo a mantê-los leais”, disse Mohamed Rafique Jusob, que garantiu que a mcel vai continuar a centrar as suas atenções nos clientes, oferecendo produtos e serviços de qualidade.

 

“Reafirmamos o nosso compromisso diante da sociedade em continuarmos a contribuir para o desenvolvimento sustentável do País”, acrescentou Mohamed Rafique Jusob, referindo-se às acções desenvolvidas pela mcel, no âmbito da responsabilidade social corporativa, que abrange diversas áreas, tais como educação, saúde, desporto, cultura, ambiente, entre outras.

 

Relativamente à fusão, o presidente do Conselho de Administração da TDM-mcel reiterou que o processo “é um marco importante para a transformação das duas empresas numa só, que deve ser moderna, actuante e pronta para fazer face aos desafios impostos pelo mercado, apostando na qualidade, tecnologia, modernização, inovação, novos e melhores serviços e expansão da cobertura nacional”.

 

Durante a cerimónia, que contou com a presença da presidente do Conselho de Administração do Instituto de Gestão das Participações do Estado (IGEPE), Ana Coanai, e do presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, David Simango, foram homenageados os trabalhadores com 20 anos de serviço na empresa.

 

Brinde alusivo às comemorações dos 20 anos da mcel

Brinde alusivo às comemorações dos 20 anos da mcel

 

Corte de bolo alusivo às comemorações dos 20 anos da mcel

Corte de bolo alusivo às comemorações dos 20 anos da mcel

 

 

Entrega de troféu a uma das colaboradoras que completou 20 anos de serviço

Entrega de troféu a uma das colaboradoras que completou 20 anos de serviço

 

Entrega de troféu a uma das colaboradoras que completou 20 anos de serviço 2

Entrega de troféu a uma das colaboradoras que completou 20 anos de serviço

 

Mahomed Rafique Jusob PCA da TDM e mcel

Mahomed Rafique Jusob PCA da TDM e mcel

 

Manuela Rebelo Vice Ministra dos Transportes e Comunicações

Manuela Rebelo Vice Ministra dos Transportes e Comunicações