• pt
cornelder de mocambique fds fimdesemana
Cornelder inaugura novo acesso rodoviário do Porto da Beira
13/12/2017
Leandro Paul FDS Fim de Semana
Solicitado por jornalistas: Agentes do Estado podem responder disciplinarmente por não ceder informações de relevante interesse público
14/12/2017

Instituto de Directores optimista em relação a 2018

David Seie director executivo do IODmz

A direcção executiva do Instituto de Directores de Moçambique (IODmz) faz um balanço positivo do plano de actividades do ano 2016, projectando boas perspectivas para 2018.

A organização reuniu-se, na quarta-feira, 13 de Dezembro, em Maputo, em Assembleia Geral Ordinária, para avaliar o desempenho daquele ano.

 

A nível de realização, David Seie, director executivo do IODmz, avançou que o seu elenco directivo cumpriu com quase 90 por cento do plano anual aprovado e concebido para 2016, tendo destacado, durante a Assembleia Geral Ordinária, a implementação de variadas acções viradas para a transparência e ética na governação corporativa.

 

De acordo com o dirigente, naquele período, o IODmz levou a cabo diversas acções de formação e capacitação para várias empresas públicas e privadas nacionais, tendo, igualmente, feito advocacia em matérias ligadas à governação corporativa.

 

“Durante o período em análise, participámos e contribuímos para entidades internacionais, no tocante ao estágio da governação corporativa em Moçambique e da ética nos negócios”, explicou, acrescentando que o IODmz fez também assessoria às entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, em matérias ligadas à governação.

 

No que diz respeito às perspectivas para o próximo ano, David Seie revelou que a sua organização tem pela frente vários desafios, assegurando que, no comando do IODmz, em 2018, buscará concretizar os sonhos desta organização, sobretudo, para a satisfação dos seus membros.

 

“Vamos dar continuidade aos projectos que implementamos com o apoio de parceiros internacionais”, assegurou, tendo igualmente adiantado que, a nível interno, “queremos continuar a servir, de forma fiel, os nossos membros, que precisam de ter os benefícios necessários por estarem connosco”.

 

“Não podemos assumir que os nossos membros estejam 100 por cento satisfeitos com os nossos serviços, mas este é o nosso grande desafio. Portanto, temos de assegurar que eles tenham os devidos benefícios e que, acima de tudo, estejam satisfeitos”, concluiu.

 

Sobre a realização desta Assembleia Geral Ordinária, que serve para analisar o desempenho do ano 2016, bem como perspectivar 2018, David Seie referiu que “esta acção enquadra-se no processo de transparência da nossa direcção e da tradicional prestação de contas aos nossos membros”.

 

“Fazemos isto como expressão de uma boa governação corporativa, e de uma excelente liderança de negócios orientada por valores éticos”, sustentou.

 

Importa referir que o IODmz é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que representa administradores, directores e outros executivos de topo da hierarquia das empresas e instituições do sector público e privado. Foi criado em 2007 com o propósito de promover a governação corporativa em Moçambique, assente na transparência, prestação de contas, responsabilidade, Justiça entre os sócios, integridade e competência. IODmz conta atualmente com 100 membros espalhados por todo o País.

 

David Seie director executivo do IODmz

David Seie director executivo do IODmz

 

Participantes

Participantes