• pt
Aquisição de BIs 1
Campanha de cidadania Maputo assinala os 129 anos da cidade de Maputo
10/11/2016
Final em masculinos
X edição Basquete Show: “Nelson Mandela” vence pela terceira vez
12/11/2016

Irregularidades na cidade de Maputo: Munícipes já têm como reclamar

Assinatura de memorando entre operadoras CMM e UX

O Conselho Municipal de Maputo e a operadora de telefonia móvel mcel-Moçambique Celular assinaram quinta-feira, 10 de Novembro, um memorando de entendimento visando a implementação da plataforma de Monitorização Participativa de Recolha de Resíduos Sólidos Urbanos, designado MOPA, com vista a assegurar a prestação de serviços de qualidade aos munícipes.

O MOPA é uma iniciativa que permitirá aos munícipes da cidade de Maputo identificar problemas na área de gestão de resíduos sólidos urbanos, com recurso ao telemóvel, bastando, para tal, digitar *311#.

A plataforma, que também está disponível no www.mopa.co.mz, terá o epicentro na zona periurbana da cidade de Maputo, por ser onde reside a maior parte da população de baixa renda.

Nos locais abrangidos por esta plataforma, os munícipes poderão reportar ocorrências sobre a regularidade de recolha de resíduos sólidos, criação de lixeiras informais, queima indevida de lixo, entre outras irregularidades, para que possam ser sanadas em tempo útil.
Intervindo na ocasião, o presidente do Conselho Municipal de Maputo David Simango, disse que a finalidade desta plataforma é, por um lado, garantir a disponibilidade de informação sobre a qualidade dos serviços de recolha de resíduos sólidos por parte das empresas contratadas pela edilidade.

Por outro lado, segundo o David Simango, a plataforma visa também tornar os munícipes fontes de informação e actores activos nas acções de melhoramento do sistema de serviços de recolha de resíduos sólidos.

“Este é mais um mecanismo de garantia de governação municipal participativa. Por isso, somos todos convidados a zelar por um ambiente saudável, o que passa pela nossa intervenção na gestão dos resíduos sólidos”, apelou o edil.

Por seu turno, o presidente da Comissão Executiva da mcel, António Saíze, disse esperar que a plataforma garanta o bem-estar e qualidade de vida dos munícipes da cidade de Maputo, que completou 129 anos de elevação a esta categoria.
“Quando abraçámos esta iniciativa, tínhamos já a dimensão do impacto e resultados que o mesmo poderia trazer para os munícipes desta cidade, em particular os residentes dos bairros periféricos, que têm uma maior incidência de resíduos sólidos e que impactam negativamente no seu bem-estar”, referiu António Saíze.

Refira-se que com a introdução do MOPA, que conta com o apoio de todas as operadoras de telefonia móvel, perspectiva-se a melhoria, por parte do município e das empresas contratadas, da capacidade de resposta aos incidentes reportados ao sistema, da planificação das actividades de recolha de resíduos sólidos e da qualidade dos serviços.

 

Assinatura de memorando entre operadoras CMM e UX

Assinatura de memorando entre operadoras CMM e UX

 

António Saíze PCE da mcel

António Saíze PCE da mcel

 

David Simango Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo

David Simango Presidente do Conselho Municipal de Maputo

 

Troca de pastas

Troca de pastas

 

Participantes no lançamento do MOPA

Participantes no lançamento do MOPA