• pt
Gapi 03
Agricultores criam microbanco para financiar campanha agrícola
11/11/2020
Membros do Juri do SeedStars Maputo 2020
Promovido com o apoio do Standard Bank – BioMec vence sexta edição do SeedStars Maputo
16/11/2020

JUE prepara introdução da Plataforma de Facilitação de Comércio

Carlos Mesquita ministro da Industria e Comercio

Carlos Mesquita ministro da Industria e Comercio

A MCNet (Mozambique Community Network) apresentou, sexta-feira, 13 de Novembro, em Maputo, a nova geração da Janela Única Electrónica (JUE), que vai permitir a melhoria de um conjunto de elementos detectados ao longo de 10 anos de implementação deste sistema célere de desembaraço aduaneiro, em Moçambique.

Designada Plataforma de Facilitação de Comércio (TFP), a nova geração da JUE foi apresentada, no decurso da visita efectuada pelo ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, ao Centro de Dados e às infraestruturas da JUE.

A visita, segundo explicou o governante, tinha como propósito interagir com a MCNet, como parceiro e provedor de serviços, que desenvolve sistemas, que facilitam a gestão de dados, bem como providencia serviços que atestam a fiabilidade da informação necessária, para se desenvolver um sistema seguro de planificação e de tomada de decisões, particularmente no processo da industrialização do país.

“É neste contexto que ao nível do Ministério da Indústria e Comércio (MIC) temos atribuições relacionadas com a gestão da informação no âmbito do comércio externo e interno, sem tirar mérito às outras áreas como a indústria, licenciamento de empresas, bolsa de mercadorias, e-BAU, entre outras”, disse Carlos Mesquita.

Numa outra abordagem o ministro referiu ter constatado, durante a visita, que a MCNet gere um sistema complexo como a JUE, onde tem vários actores, como a banca, alfândegas, ministérios, entre outros.

“O sistema da JUE ainda tem capacidade para incluir novas aplicabilidades, em função do desenvolvimento do país. Trata-se de uma plataforma com possibilidade para aceder a qualquer instrumento que esteja associado à internet, o que dignifica o trabalho que Moçambique está a fazer para se posicionar mais e melhor no mercado e atrair cada vez mais investimentos”, frisou Carlos Mesquita.

A propósito da concepção da nova geração da JUE, o presidente do Conselho de Administração da MCNet, Rogério Samo Gudo, explicou que apesar dos desafios impostos pela Covid-19, a instituição que dirige está tecnicamente preparada para ter o sistema a operar dentro dos próximos 18 meses.

“A plataforma que hoje apresentamos faz a integração entre o comércio externo e interno, com o objectivo de não só melhorar a interoperabilidade do sistema à volta do comércio, no seu todo, como também responder ao grande objectivo do Governo de industrialização do país”, disse.

Uma das áreas profundamente abordadas durante o encontro com o titular da pasta da Indústria e Comércio, segundo Rogério Samo Gudo, foi a estatística e o papel que desempenha no desenvolvimento da cadeia de valor da produção, através da disponibilização de informações que permitem a tomada de decisões.

“Discutimos também os riscos que existem na colecta da receita e as inovações que a plataforma poderá trazer para a sua minimização, tendo ficado o compromisso de se fazer uma apresentação mais focalizada ao Conselho Consultivo do Ministério, onde esperamos colher mais subsídios para enriquecer este grande objectivo de implementar uma plataforma tecnológica que vai ajudar na melhoria do ambiente de negócios em Moçambique”, concluiu.

Carlos Mesquita ministro da Industria e Comercio

Carlos Mesquita ministro da Industria e Comercio

Pormenor da visita A

Pormenor da visita A

Pormenor da visita B

Pormenor da visita B

Pormenor da visita C

Pormenor da visita C

Rogerio Samo Gudo PCA da MCNet

Rogerio Samo Gudo PCA da MCNet