• pt
André du Plessis Director da Banca de Grandes Empresas e Investimentos do Standard Bank
Standard Bank nomeado melhor Banco de Investimentos
15/04/2016
mcel
Para quem está na África do Sul e não consegue activar o roaming de voz, sms, dados e internet da mcel.
18/04/2016

Maior parte envolve viaturas de transporte público de passageiros: 1.500 pessoas perderam a vida em acidentes de viação

Carlos Mesquita Ministro dos Transportes e Comunicações

‎Mais de 1.500 pessoas perderam a vida e mais de 4.000 contraíram ferimentos, entre ligeiros e graves, no ano passado em consequência de acidentes de viação ocorridos no País, na sua maioria envolvendo viaturas de transporte público de passageiros.
Estes números, embora representem uma significativa redução de acidentes e de óbitos em relação a 2014, na ordem de 24% e 22% respectivamente, ainda constituem um enorme desafio para as autoridades tendo em conta o seu impacto social.
Para fazer face a esta situação, segundo o Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, que falava esta segunda-feira, 18 de Abril, na cidade de Maputo, na abertura da Primeira Sessão do Conselho Nacional de Viação, é necessário que se aposte na educação e fiscalização viradas para o comportamento humano.
“O nosso principal enfoque continua a ser o comportamento humano, através da educação e fiscalização, vectores que devem complementar-se na prevenção e combate à sinistralidade rodoviária”, considera.
Carlos Mesquita mostrou-se preocupado ainda com a tendência de cada vez maior envolvimento de viaturas de transporte público de passageiros em violentos acidentes nas estradas nacionais.
Como exemplo, apontou o facto de, só nos primeiros quatro meses deste ano, terem perdido a vida mais de 35 pessoas em menos de 10 acidentes envolvendo veículos de transporte de passageiros de longo curso.
Destes, destaca-se o acidente de viação ocorrido na província de Inhambane, distrito de Vilanculos, localidade de Mavanza, que resultou em 15 óbitos, 16 feridos, entre graves e ligeiros.
Entretanto, durante a Primeira Sessão do Conselho Nacional de Viação, para além da apreciação da matriz de acções prioritárias para a redução da sinistralidade rodoviária e as respectivas medidas de mitigação, foi igualmente apreciado o Decreto sobre o regulamento das regras de aprovação de marcas e modelos de veículos automóveis e reboques.
Este instrumento irá melhorar a circulação de veículos que respondam às características técnicas, melhorando, deste modo, a segurança no transporte de pessoas e bens tendo em conta o crescimento do parque automóvel que se regista no País.
Dados do Ministério dos Transportes e Comunicações indicam que existem em Moçambique cerca de 600 mil veículos automóveis devidamente registados e que são registados cerca de três mil por mês.

 

Carlos Mesquita Ministro dos Transportes e Comunicações

Carlos Mesquita Ministro dos Transportes e Comunicações

 

Mesa que presidiu Primeira Sessão do Conselho Nacional de Viação

Mesa que presidiu Primeira Sessão do Conselho Nacional de Viação