• pt
Lourenço do Rosário 3
Em Portugal: Atribuído nome de Lourenço do Rosário a Centro de Estudos Africanos
26/10/2017
Abilio Mutemba Representante da mCel
Final da Taça Moçambique mcel realiza-se neste sábado
27/10/2017

Maputo acolhe Standard Bank Acácia Jazz a 30 de Novembro

Mesa que presidiu a Conferência de Imprensa alusiva ao lançamento do Festival Standard Bank Acácia Jazz

A cidade de Maputo vai acolher, no dia 30 de Novembro, a primeira grande edição do Standard Bank Acácia Jazz, um festival anual que contará com a participação do músico moçambicano de classe mundial Jimmy Dludlu, como figura de cartaz.

Ao guitarrista nacional, autor da melhor música – “Ha Deva” – de 2016 no Ngoma Moçambique, juntar-se-ão os artistas Judith Sephuma, da África do Sul, Oliver Mtukudzi, do Zimbabwe, e a conhecida Banda Kakana, de Moçambique.

Na conferência de imprensa, ocorrida, esta quinta-feira, 26 de Outubro, em Maputo, o gestor de Marketing do Standard Bank, Alfredo Mucavela, explicou que festival visa enaltecer a música moçambicana e ainda aproximar o banco, cada vez mais, dos seus clientes, em particular, e do público moçambicano, em geral.

“O festival denomina-se Acácia como forma de celebrar a capital do País, cidade de Maputo, e, ainda, colocar a Cidade das Acácias como o ponto de convergência da nata do afro-jazz nacional e mundial”, referiu Alfredo Mucavela, destacando a parceria estabelecida com o Conselho Municipal da Cidade de Maputo e o Ministério da Cultura e Turismo, para a materialização desta iniciativa.

O assessor do ministro para a área da Cultura e Turismo, Arnaldo Bimbe, indicou que o projecto cultural do Standard Bank enquadra-se perfeitamente nos objectivos do Governo nos domínios da Cultura e Turismo, razão pela qual o seu ministério abraça e estimula a realização deste festival.

Já o vereador de Educação, Cultura e Desporto da Cidade de Maputo, Simão Mucavele, considerou que a realização do Standard Bank Acácia Jazz vai ajudar na confirmação da capital do país pela UNESCO, como parte das cidades criativas na componente musical.

Importa realçar que a anteceder o espectáculo, está prevista a realização de palestras com estudantes de música para a partilha de experiências. E, para animar os presentes no dia do show, o autor de “Ha Deva” promete explorar o seu mais recente álbum “In the Grove” e, ainda revisitar os seus clássicos.

Pelo mesmo diapasão, seguirá a Banda Kakana, liderada pela excelente vocalista Yolanda e o exímio guitarrista Jimmy Gwaza.

Entre os seus vários hits, o carismático Oliver Mtukudzi não irá abandonar o palco sem antes brindar o público com o seu hino “Todi” e, por sua vez, Judith Sephuma vai embalar os presentes com “A Cry, A Smile, A Dance”.

Os bilhetes serão limitados e para acomodar a todos interessados em ver ao vivo o naipe de estrelas alinhadas para o evento, o Standard Bank vai sortear vários bilhetes, no quadro de uma campanha de depósito de dinheiro nas suas ATMs de depósitos.

 

Mesa que presidiu a Conferência de Imprensa alusiva ao lançamento do Festival Standard Bank Acácia Jazz

Mesa que presidiu a Conferência de Imprensa alusiva ao lançamento do Festival Standard Bank Acácia Jazz

 

Arnaldo Bimbe Assessor do ministro para a área da Cultura e Turismo

Arnaldo Bimbe Assessor do ministro para a área da Cultura e Turismo

 

Alfredo Mucavela Gestor de Marketing do Standard Bank

Alfredo Mucavela Gestor de Marketing do Standard Bank

 

Simão Mucavela Vereador de Educação Cultura e Desporto da Cidade de Maputo

Simão Mucavela Vereador de Educação Cultura e Desporto da Cidade de Maputo