• pt
inss
Afectados pelo ciclone Dineo: INSS apoia 30 pensionistas
30/09/2017
DSC 0104
19.7 milhões de dólares vão viabilizar emprego juvenil
05/10/2017

Mulheres líderes e empreendedoras transmitem experiências bem sucedidas

standard bank

A Incubadora de Negócios do Standard Bank acolhe, nesta sexta-feira, 6 de Outubro, a quarta edição do Lioness Lean, um evento que reúne mulheres líderes e empreendedoras moçambicanas para partilhar a sua experiência e firmar parcerias no mundo empresarial.

 

A esta edição foram convidadas três oradoras moçambicanas, nomeadamente Evandra Cossa, directora executiva da Ezee Money Mozambique, Daisy Mogne, fundadora da Daisy Mogne Studio e Iria Marina, fotógrafa de retratos ambientais e de documentários.

 

As três oradoras são empresárias bem-sucedidas nas suas áreas de actuação e, no evento, vão falar sobre o seu percurso e experiência empresariais, para além de interagir com as participantes e aspirantes a empreendedoras.

 

O evento, organizado pela Lionesses of Africa, uma rede com mais de 400 mil mulheres empresárias em 49 países do continente africano, é patrocinado pelo Standard Bank e conta com o apoio da Embaixada do Reino dos Países Baixos e da Shell Moçambique.

 

Para Sasha Vieira, responsável pela Incubadora de Negócios do Standard Bank, o Lioness Lean constitui uma oportunidade para as mulheres empreendedoras darem maior visibilidade às suas iniciativas e estabelecerem novas parcerias.

 

“O nível de interesse pelo Lioness Lean tem aumentado e as empresas colocadas na nossa plataforma ganharam maior visibilidade no País e no mundo, e isso é encorajador”, disse Sasha Vieira.

 

Por seu turno, Melanie Hawken, fundadora da Lionesses of Africa, referiu que este evento tem ajudado as mulheres não só a construir grandes empresas e marcas, mas também a produzir produtos de primeira classe e com mercado em qualquer parte do mundo.

 

“A próxima geração de mulheres empresárias no País tem, através do Lioness Lean, uma plataforma para inspirar, orientar e ajudar as empreendedoras moçambicanas a concretizar as suas ideias”, considera Melanie Hawken.

 

O representante da Shell em Moçambique, Alex Battaglia, afirmou que “o Lioness Lean é uma ferramenta que ajuda as mulheres moçambicanas a aceder e estabelecer-se no mercado empresarial. A mulher é a força motriz da economia moçambicana e o seu sucesso beneficia a sociedade”.

 

Esta opinião foi reforçada pela embaixadora do Reino dos Países Baixos, Pascale Grotenhuis, que olha para o Lioness Lean como um “espaço para as mulheres empresárias compartilharem as suas histórias, sucessos e desafios no mundo empresarial”.

 

standard bank