• pt
Jorge Nhambiu Ministro da Ciência e Tecnologia Ensino Superior e Técnico Profissional
Educação Profissional: Graduados longe de satisfazer o mercado
16/03/2016
Mesa que presidiu a cerimónia de abertura da mesa redonda
Crimes cibernéticos preocupam vice-ministra dos Transportes e Comunicações
16/03/2016

No valor de dois milhões de meticais: mcel renova contrato com Grupo Desportivo de Maputo

Assinatura de contrato entre mcel e Grupo Desportivo de Maputo

A mcel-Moçambique Celular renovou, esta quarta-feira, 16 de Março, na capital do País, o contrato de patrocínio com o Grupo Desportivo de Maputo, no valor de dois milhões de meticais, para a presente época futebolística.
O acordo prevê ainda um encaixe de 500 ou 250 mil meticais por parte do clube, caso este conquiste o primeiro ou segundo lugar, respectivamente, na maior prova futebolística do País, o Moçambola-2016.
Acresce-se a estes benefícios, um importante apoio em meios de comunicação, através da oferta de telemóveis e contratos, para as equipas técnicas de futebol e basquetebol do Grupo Desportivo de Maputo.
Na cerimónia de assinatura do contrato, a mcel foi representada pelo administrador Comercial, Cláudio Chiche, que exaltou esta parceria, estabelecida com um dos clubes históricos no panorama desportivo nacional.
“Este é mais um momento da renovação duma parceria que já dura há oito anos, ao longo dos quais a nossa relação ultrapassou a dimensão desportiva, permitindo uma convivência fora do ambiente desportivo”, frisou.
Disse ainda esperar que a renovação do acordo traga os frutos desejados, pois a mcel deseja ver o clube a conquistar o Moçambola 2016: “Estaríamos muito satisfeitos em ver uma equipa patrocinada por nós a erguer o troféu de campeão nacional. Estamos aqui para ajudar naquilo que for possível, uma vez que temos as nossas limitações. Aquilo que fazemos resulta da gestão dos escassos recursos que dispomos”, destacou Cláudio Chiche.
Por sua vez, o presidente da Comissão de Gestão do Grupo Desportivo de Maputo, Danilo Neves Correia, começou por agradecer à operadora pela renovação deste contrato importante para o clube.
“Para nós é uma honra e orgulho competirmos, fazer desporto com a marca mcel nas nossas camisolas, mas este compromisso vai para além disso, pois baseia-se no respeito mútuo e amizade, postura que temos que continuar a mantê-la”, referiu Danilo Correia.
Apesar dos vários problemas que tem enfrentado, conforme sublinhou o presidente da Comissão de Gestão, o Desportivo é um clube que hoje é campeão nacional em título de basquetebol sénior masculino e campeão nacional de atletismo, nos últimos dez anos.
“Entretanto, no hóquei em patins e futebol não conseguimos títulos na época passada, mas esperamos conseguir levantar um troféu este ano, numa das competições em que o clube está envolvido, para honrar o apoio disponibilizado pela operadora”, afirmou.
Importa realçar que a mcel colocou, igualmente, à disposição dos sócios, adeptos e simpatizantes do Grupo Desportivo de Maputo, o mKesh – serviço de moeda electrónica através do celular, para que possam utilizá-lo como meio de pagamento de quotas, bem como de canalização de apoios.

 

Assinatura de contrato entre mcel e Grupo Desportivo de Maputo

Assinatura de contrato entre mcel e Grupo Desportivo de Maputo

 

Troca de pastas

Troca de pastas

 

Cláudio Chiche Administrador Comercial da mcel

Cláudio Chiche Administrador Comercial da mcel

 

Danilo Neves Correia presidente da Comissão de Gestão do Desportivo de Maputo

Danilo Neves Correia presidente da Comissão de Gestão do Desportivo de Maputo