• pt
Mesa que presidiu a conferência de imprensa sobre os 15 anos de carreira da cantora Neyma Alfredo
A 20 de Dezembro, no Cinema Gil Vicente: Neyma celebra 15 anos de carreira
16/12/2014
Entrega de um quadro em forma de homenagem contendo um disco da Colecção de Ouro Volume 2 à Maria de Luz Guebuza Primeira-Dama de Moçambique
mcel apoia raparigas órfãs e lança Colecção de Ouro Volume 2
19/12/2014

Novos grupos de geradores movidos a gás natural, na Central de Temane: Inhambane e Sofala com mais quantidade e qualidade de energia eléctrica

Os distritos da parte norte da província de Inhambane e sul de Sofala estão a beneficiar de um reforço na quantidade e qualidade de energia, fornecida na sequência da inauguração, na última quarta-feira, 17 de Dezembro, dos novos grupos de geradores movidos a gás natural, na Central de Temane.
No âmbito do projecto de Geração de Emergência, que tem como objectivo o reforço da capacidade instalada na Central de Temane e está inserido na política do Governo para o sector de energia, visando a contínua melhoria das condições de fornecimento da energia eléctrica, os distritos são Vilanculos, Inhassoro, Guvuro (Save e Mambone), Mabote e Machanga, com um universo de cerca de 13 mil clientes.
Dirigiu a cerimónia de inauguração dos novos grupos de geradores, com capacidade instalada para produzir 5.2 Mw, o ministro da Energia, Salvador Namburete, que pediu à população local para melhor conservar a nova infraestrutura.
Para Namburete, a vastidão de recursos energéticos de que Mocambique dispõe, que inclui o elevado potencial hidroeléctrico e as largas reservas de carvão e gás natural, proporcionam ao país condições favoráveis de produção e fornecimento de energia, com maior segurança e sustentabilidade.
Acrescentou que a Central Termoeléctrica de Temane constitui uma resposta efectiva à necessidade de diversificação das fontes de produção de energia e da sua localização, tendo em vista a segurança e sustentabilidade de fornecimento de electricidade.
Já para o presidente do Conselho de Administração (PCA) da Electricidade de Moçambique, E.P. (EDM), Gildo Sibumbe, com o reforço da capacidade de produção de energia na Central de Temane, fica assegurado um dos fundamentais pressupostos para acelerar o desenvolvimento da zona norte da província de Inhambane, isolada da Rede Nacional de Transporte de Energia.
Desde finais de 2007, a Central de Temane produzia 6.6 MW de energia, mas com os investimentos realizados nos últimos anos, tem actualmente, a capacidade reforçada para gerar 11.8 MW de energia.
A instalação dos novos grupos de geradores inaugurados foi financiada pela Agência Sueca para o Desenvolvimento da Cooperação Internacional (ASDI) no valor de 54.5 milhões de coroas suecas, o equivalente a oito milhões de dólares norte-americanos. As obras foram executadas pela empresa moçambicana Tecnel Service Lda.