• pt
Jan Laurens de Vries Adminstrador Delegado da Cornelder de Moçambique1
A partir do Porto da Beira: Cornelder assume papel crescente no manuseamento de fertilizantes para os países da região
13/10/2017
Revisão da Lei do Trabalho Juristas defendem conexão entre processo disciplinar e processo crime
Revisão da Lei do Trabalho: Juristas defendem conexão entre processo disciplinar e processo-crime
15/10/2017

Odebrecht apoia bibliotecas de instituições do ensino superior

Entrega simbólica de livros da Odebrecht à Universidade Politécnica

A Odebrecht Moçambique ofereceu, na sexta-feira, 13 de Outubro, em Maputo, à Universidade Politécnica e ao Instituto Superior de Ciências e Gestão (INSCIG), mais de 500 livros académicos, para enriquecer o acervo das bibliotecas daquelas instituições de ensino superior.

A iniciativa faz parte de um conjunto de acções de responsabilidade social levadas a cabo em Moçambique, nesta fase, com instituições ligadas à Cidade de Nacala, na província de Nampula.

Para a Odebretch, trata-se de um pequeno mas significativo gesto para apoiar os estudantes: “A educação é o pilar do desenvolvimento e para a Odebrecht é gratificante poder dar o nosso pequeno contributo na construção de um futuro melhor”, segundo afirmou o director de Relações Institucionais da Odebrecht, Miguel Paiva.

A Universidade Politécnica tem uma unidade orgânica, denominada Instituto Superior Politécnico e Universitário de Nacala (ISPUNA), com cursos como Engenharia Civil, Informática e de Telecomunicações, Engenharia do Ambiente, entre outros.

Na ocasião, a directora da Biblioteca Central da Universidade Politécnica, Sara Laísse, considerou que a oferta dos livros é muito bem-vinda, porque “irá contribuir para a revitalização do processo de ensino e dinamizar à leitura entre os discentes”.

Por seu lado, o INSCIG tem a sua sede naquela cidade, ministrando cursos como Administração Pública, Ciências Jurídicas, Gestão de Recursos Humanos, Contabilidade e Auditoria e Gestão Empresarial, entre outros. O administrador-geral desta Instituição, Pedro Tualufo, disse também que a oferta da Odebrecht vai contribuir para “enriquecer o acervo da biblioteca daquele instituto superior, possibilitando um melhor processo de ensino-aprendizagem e prática pedagógica”.

 

Entrega simbólica de livros da Odebrecht à Universidade Politécnica

Entrega simbólica de livros da Odebrecht à Universidade Politécnica