• pt
Entrega simbólica de produtos ao Centro de Acolhimento de Idosos de Lhanguene
mcel traz felicidade aos idosos
30/09/2016
Brigada da Autoridade Tributária de Moçambique
Com a emissão de perto de 4.000 documentos de identificação: Prossegue campanha de cidadania em Nacala Porto
06/10/2016
Entrega simbólica de produtos ao Centro de Acolhimento de Idosos de Lhanguene
mcel traz felicidade aos idosos
30/09/2016
Brigada da Autoridade Tributária de Moçambique
Com a emissão de perto de 4.000 documentos de identificação: Prossegue campanha de cidadania em Nacala Porto
06/10/2016

Odebrecht identifica talentos moçambicanos na área de engenharia

Jorge Maltezinho responsável pelas obras do Aeroporto Internacional de Nacala

Vários projectos de pesquisa desenvolvidos por estudantes de diversos estabelecimentos de ensino superior estiveram expostos na VI Feira Moçambicana de Engenharia (FEMOENG), que decorreu na Faculdade de Engenharia da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), na capital do País, entre os dias 29 de Setembro e 1 de Outubro.

Para além da diversificada gama de projectos sustentáveis para o desenvolvimento de Moçambique, o evento, que visa estimular, no estudante, o gosto pela investigação e inovação, abarcou palestras, workshops e serviços secundários na área de engenharia.

A Odebrecht participou nas quatro últimas edições, como expositor e palestrante. Na presente edição, a empresa partilhou com os estudantes a experiência de um dos projectos de engenharia bem sucedidos em Moçambique: o Aeroporto Internacional de Nacala, que recebeu recentemente o prémio de mérito de melhor projecto de engenharia do mundo, na categoria aeroportos, pela revista Engineering News-Record.

Numa concorrida palestra, Jorge Maltezinho, engenheiro da Odebrecht, responsável pelas obras de construção do Aeroporto, referiu-se às soluções técnicas inovadoras e pioneiras ao nível do continente africano, que foram empregues na edificação daquele empreendimento.
Com a palestra, a Odebrecht pretende interagir com os estudantes finalistas de engenharia e doutras especialidades para identificar jovens talentos que poderão fazer parte dos quadros da empresa e do desenvolvimento do País em projectos futuros.

Jorge Maltezinho explicou que, através da FEMOENG, a Odebrecht tenciona transmitir o máximo possível da sua experiência a nível técnico, profissional e cultural no ramo da Engenharia e Construção, por meio de uma interação directa entre os profissionais e os estudantes universitários, contribuindo desta forma para a sua formação.

“Um dos pilares da Cultura Organizacional da Odebrecht é a identificação e formação de jovens comtalento, com vontade de crescer, aprender,desenvolver, capazes de assumir grandes desafios e que não se deixam levar perante os mesmos, que buscam oportunidades e soluções”, realçou.

A empresa, segundo sustentou Jorge Maltezinho, não tem medido esforços para contribuir com esta parceria tanto com os estudantes como com a UEM, pois acredita ser uma importante plataforma de interacção e troca de experiências dos estudantes com o mercado de trabalho.

 

Jorge Maltezinho responsável pelas obras do Aeroporto Internacional de Nacala

Jorge Maltezinho responsável pelas obras do Aeroporto Internacional de Nacala

 

Estudantes atentos à palestra

Estudantes atentos à palestra

 

Participantes

Participantes