Visita às instalações da ETA
À Aguas da Região de Maputo: Provedor da Justiça sugere plataforma de diálogo com os consumidores
21/08/2023
Presidium (2)
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara: “País ainda precisa de envidar esforços para aumentar acesso ao ensino superior”
23/08/2023
Visita às instalações da ETA
À Aguas da Região de Maputo: Provedor da Justiça sugere plataforma de diálogo com os consumidores
21/08/2023
Presidium (2)
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara: “País ainda precisa de envidar esforços para aumentar acesso ao ensino superior”
23/08/2023

Para além do apoio jurídico e psicológico: FUNDE assiste comunidade da Matola-Rio no acesso a documentos de identificação

Exposição (1)

Exposição (1)

A Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação (FUNDE) promoveu, sábado, 19 de Agosto, na Matola-Rio Sede, província de Maputo, a oitava edição da Feira Jurídica, onde os cidadãos tiveram a oportunidade de tratar de Bilhetes de Identidade (BI), Número Único de Identificação Tributária (NUIT), passaportes, para além de beneficiar de assistência jurídica e psicológica. No local, houve, ainda, exposição de livros infantis e uma feira de artesanato e gastronomia.

Trata-se de um evento organizado regularmente pela FUNDE, em parceria com o Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ), Serviço Nacional de Migração, Autoridade Tributária de Moçambique, Direcção Nacional dos Registos e Notariado, entre outros, com o objectivo de apoiar os cidadãos carenciados na tramitação de documentos, e aconselhamento jurídico e psicológico.

Conforme explicou a directora executiva da FUNDE, Rosânia da Silva, a instituição pretende, por via desta iniciativa, aproximar-se cada vez mais das comunidades, promover a inclusão social e apoiar as pessoas em diversas áreas.

“Neste evento, os cidadãos têm a oportunidade de regularizar a situação dos seus documentos, que, geralmente, não têm tido tempo para tratar no seu dia-a-dia por diversas razões. Podem, ainda, entrar em contacto com o nosso Gabinete de Assistência Jurídica para poderem beneficiar do acompanhamento de um advogado em casos específicos. Temos, igualmente, um Gabinete de Atendimento Psicológico, ao qual as pessoas podem aproximar-se, expor o seu problema e beneficiar do nosso apoio”, referiu Rosânia da Silva.

Na ocasião, a directora executiva da FUNDE considerou que, através da inclusão social, “acreditamos que podemos resolver diversos problemas, tais como as discrepâncias e diferenças que existem no acesso à oportunidades de emprego, sendo as mulheres e os jovens os mais afectados. Por isso, temos, aqui, artigos em exposição feitos por beneficiárias do Centro Educativo Multidisciplinar, que participaram do curso de corte e costura”.

Por seu turno, Estêvão Bonde, líder comunitário da Matola-Rio Sede, louvou a iniciativa, esperando que alcance mais comunidades da província e do país, pois acredita que só por essa via é que poderá beneficiar mais cidadãos.

“É um evento louvável, porque beneficia as nossas comunidades. Agradecemos à FUNDE pela iniciativa e esperamos que continue porque muitos não têm conseguido, durante o meio de semana, fazer-se às instituições para tratar estes e outros documentos. Que esta iniciativa alcance mais comunidades”, disse.

Vladimiro Chichava reside na Matola-Rio Sede e teve a oportunidade de tratar o BI na Feira Jurídica. Apontou a concentração de diversos serviços no local como uma mais-valia da iniciativa.

“Conseguem agregar mais valor ao evento, porque são muitos documentos que podemos tratar de uma só vez. Graças a este evento, as pessoas não precisam de se deslocar para muito longe. É sempre bom quando podemos tratar os documentos num dia como hoje, sem a habitual correria do meio de semana. Bem-haja a iniciativa, que possa alcançar mais locais onde as pessoas necessitam”, frisou.

 

Vânia Ibraimo, que também reside na Matola-Rio Sede, conseguiu tratar diversos documentos para a sua família, algo que era, para si, inimaginável. “Por exemplo, a minha filha estava à espera de tratar o BI. Nas férias passadas tentei no posto administrativo, mas não consegui. Hoje foi prático. É sábado, temos tempo e pudemos vir tratar BI e visitar a feira. Os expositores têm, também, a oportunidade de vender os seus produtos. É uma excelente iniciativa. Estão de parabéns!”.

 

Exposição (4)

Exposição (2)

 

 

 

 

 

 

 

 

Rosânia da Silva, directora executiva da FUNDE

Rosânia da Silva, directora executiva da FUNDE

Estêvão Bonde, líder comunitário da Matola Rio Sede (2)

Estêvão Bonde, líder comunitário da Matola Rio Sede

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exposição (3)

Emissão de bilhetes de identidade (1)

Emissão de bilhetes de identidade

 

 

 

 

 

 

 

 

Emissão de NUIT (2)

Emissão de NUIT

Vânia Ibraimo, beneficiária

Vânia Ibraimo, beneficiária