• pt
Entrega simbólica das cestas básicas ao Administrador do distrito da Moamba
Vítimas da estiagem na Moamba: CTA alivia sofrimento das populaçõe
21/05/2016
Joao Martins vice presidente do lODmz
Contratação de serviços públicos e admissão de pessoal registam maior incidência de corrupção
25/05/2016

Para facilitação de comunicações: Mcel estabelece acordos com a Ordem dos Médicos e Ordem dos Médicos Veterinários

Troca de pastas entre o Admin. Delegado da mcel e o Bastonário da OMVM

A operadora de telefonia móvel mcel-Moçambique Celular assinou na ultima quinta-feira, 19 de Maio, memorandos de entendimento com a Ordem dos Médicos de Moçambique e a Ordem dos Médicos Veterinários de Moçambique, visando facilitar as comunicações entre estas duas entidades e os seus membros, tornando a mcel como o seu operador preferencial.
À luz destes memorandos, a mcel irá conceder à Ordem dos Médicos de Moçambique e à Ordem dos Médicos Veterinários de Moçambique, assim como aos seus membros associados, um desconto sobre a facturação nas chamadas telefónicas efectuadas na rede 82, bem como a atribuição às duas entidades de crédito.
Conforme explicou o Administrador Delegado da mcel, António Saíze, a assinatura destes dois memorandos de entendimento visa “ajudar estas duas entidades a desenvolver as suas actividades assim como facilitar o trabalho dos seus membros, através da disponibilização da nossa rede e dos nossos serviços”.
“A mcel sempre se destacou no lançamento de iniciativas para apoiar as diversas classes profissionais no desenvolvimento das suas actividades, assim como na gestão administrativa”, afirmou António Saíze.
Para a Ordem dos Médicos de Moçambique, com cerca de três mil membros, e que esteve representada pelo respectivo Bastonário, António Zacarias, este acto reveste-se de grande importância pois vai facilitar as comunicações com as delegações provinciais.
“Vai também ajudar os médicos que trabalham nas zonas recônditas que, devido à natureza do seu trabalho, muitas vezes têm a necessidade de consultar um colega mais experiente ou especialista”, acrescentou António Zacarias.
Este sentimento é também partilhado pelo Bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários de Moçambique, Mário Mungói, que considera que esta parceria “vai ajudar a cumprir o nosso papel na defesa da medicina veterinária no País”.
“Com estes benefícios, vamos poder estimular a procura e promover a oferta dos serviços veterinários, essenciais para a sobrevivência do homem no que diz respeito à sua saúde e meio ambiente”, concluiu o Bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários de Moçambique, entidade que possui um total de 264 membros associados.
Segundo Mário Mungói, baseando-se em dados publicados em 2013, a mortalidade por doenças é a principal causa das saídas dos animais na propriedade agrária. “Por exemplo, 51% do gado bovino, 32% do caprino, 53% do suíno saem das propriedades devido a doenças, o que significa que o nosso papel não está a surtir efeito, daí a importância desta parceria com a mcel”.

 

Troca de pastas entre o Admin. Delegado da mcel e o Bastonário da OMVM

Troca de pastas entre o Admin. Delegado da mcel e o Bastonário da OMVM

 

Assinatura do memorando entre o Admin. Delegado da mcel e o Bastonário da ORMM

Assinatura do memorando entre o Admin. Delegado da mcel e o Bastonário da ORMM

 

Mário Mungói Bastonário da OMVM

Mário Mungói Bastonário da OMVM

 

António Saíze Administrador Delegado da mcel

António Saíze Administrador Delegado da mcel

 

António Eugénio Zacarias Bastonário da ORMM

António Eugénio Zacarias Bastonário da ORMM