• pt
Parte dos quadros que compõem a exposição
Tomo expõe “Percepções das Esquinas”
27/05/2017
Vitória Diogo Ministra do Trabalho Emprego e Segurança Social
Desde 2015: Criados mais de 600.000 postos de emprego em Moçambique
31/05/2017

Parceria entre Standard Bank e ICBC: Possibilitar maior investimento chinês em Moçambique

Foto de família

O Standard Bank e o Banco Comercial e Industrial da China (ICBC) realizaram esta segunda-feira, 29 de Maio, um seminário para dar a conhecer os serviços bancários e soluções de financiamento que têm a oferecer aos empresários e investidores chineses em Moçambique.
A parceria entre os dois bancos tem como objectivo alavancar o investimento daquele país asiático em Moçambique, através do financiamento ou oferta de serviços bancários inovadores, que tornam as operações mais fáceis.

Conforme explicou o membro do Conselho de Administração do Standard Bank, António Macamo, com esta parceria, “os operadores chineses que necessitam de apoio financeiro em Moçambique passam a tê-lo com mais facilidade. Esta união vem conferir mais comodidade e simplificar as operações”.

Uma das vantagens oferecidas pelo Standard Bank é o facto de ter, na sua vasta equipa, especialistas em diversas áreas, tais como petróleo e gás, agricultura, infraestruturas, entre outras, que podem dar suporte aos investidores chineses.

Por seu turno, o representante do ICBC, Lubin Wang, referiu que a implementação das iniciativas de empresários chineses em Moçambique passará a ser mais célere, o que vai incrementar os níveis de cooperação económica entre os dois países.

“O ICBC é o maior banco comercial da China e o Grupo Standard Bank é o maior de África, e esta parceria vai tornar o investimento em Moçambique mais cómodo e fácil, dada a experiência de ambas as instituições”, afirmou Lubin Wang.

Já o embaixador chinês em Moçambique, Jian Su, considerou que a parceria entre o Standard Bank e o ICBC afigura-se como importante para a cooperação económica entre os dois países, cujos governos estão a desenvolver uma iniciativa virada para os sectores produtivos.
“A iniciativa consiste na transferência da nossa tecnologia para promover a industrialização de Moçambique, e, para tal, é necessário que haja bancos preparados para prestar apoio financeiro, daí a importância desta parceria, que constitui uma oportunidade de financiamento para os empresários chineses”, disse o embaixador.

O valor global do investimento chinês em Moçambique ronda os 6.7 biliões de dólares norte-americanos, sendo que o volume das trocas comerciais entre os dois países cresceu 4% no primeiro trimestre de 2017, à semelhança das exportações para a China, que aumentaram 15.1%.

 

Foto de família

Foto de família

 

António Macamo membro do Conselho de Administração do Standard Bank

António Macamo membro do Conselho de Administração do Standard Bank

 

Jian Su Embaixador da China em Moçambique

Jian Su Embaixador da China em Moçambique

 

Lubin Wang representante do ICBC

Lubin Wang representante do ICBC

 

Participantes

Participantes