• pt
Painel que presidiu o seminário sobre o Desafio Empreendedor
Global Shapers assinala semana do empreendedorismo
16/11/2016
Sector de enchimento dos refrescos Frozy
Refrigerantes Frozy: Análises laboratoriais internacionais desmentem alegações do Malawi
17/11/2016

Pedro Mourana expõe sobre questões ambientais

Pedro Mourana artista plástico

Os Paços do Conselho Municipal da Cidade de Maputo vão acolher, no próximo dia 23 de Novembro, a exposição Ciência e Consciência, do artista plástico Pedro Mourana, de nome artístico PMourana.

Voltadas para as questões ambientais, as obras a serem expostas visam apelar às pessoas para que estabeleçam uma corrente universal de solidariedade, com o propósito de unir a família humana na busca de um desenvolvimento sustentável e integral, no qual a humanidade convive em harmonia com a natureza.

A exposição perspectiva, ainda, para o nosso País e para o mundo uma indústria que não seja poluidora do ambiente, mas que vai ao encontro dos nobres interesses da humanidade e da relação harmoniosa do ser humano com a natureza.

O projecto Ciência e Consciência, cuja primeira aparição teve lugar em Novembro de 2014, é fruto da visão e da crença de PMourana de que a humanidade pode desenvolver ainda mais a ciência, tornando-a responsável e com referências éticas.

Este projecto artístico tem por objectivo apelar, por via pictória, ao desenvolvimento, sem a degradação de valores, que no entendimento do artista plástico seria um retrocesso para a humanidade no lugar do progresso.

Esta exposição faz parte de um projecto interdisciplinar que envolve vários artistas e entidades sociais, a destacar académicos, empresários e instituições de ensino a vários níveis.

De destacar que PMourana nasceu na cidade de Maxixe, província de Inhambane, a 14 de Setembro de 1961. É artista plástico desde 1979. Ao longo da sua carreira tem abordado temas que exaltam o amor à mulher e à poesia, a valorização do património cultural, a exaltação da diversidade cultural, a protecção da criança, o combate à exclusão social, a solidariedade, compaixão pelos valores perenes da sociedade, entre outros de intervenção social.

Do seu palmarés constam diversas exposições individuais e colectivas, dentro e fora do País. Em 1994 venceu o concurso para a elaboração do logotipo da Comissão Nacional de Eleições (CNE) e concebeu, em 2014, o logotipo das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM).

 

Pedro Mourana artista plástico

Pedro Mourana artista plástico

 

Ciência e Consciência

Ciência e Consciência

 

JAM S1

 

JAM S2

 

JAZZ

 

XIKHELENE