• pt
Pedro Inglês Secretário Permanente do Ministério dos Transportes e Comunicações
Volume de operações nos últimos 12 anos: Porto de Maputo cresceu 286 por cento
21/04/2016
Acto de entrega do cheque ao INGC
Doação de 1 milhão de meticais ao INGC: Standard Bank alivia sofrimento de moçambicanos.
26/04/2016

Prémio uniformizado de 150 mil meticais: Lançado Concurso Literário da TDM

Mesa que presidiu a cerimónia de lançamento do concurso literário

‎Foi lançada, nesta quinta-feira, 21 de Abril, em Maputo, a VIII edição do Concurso Literário TDM, referente ao ano de 2016, uma iniciativa cultural bianual, inserida no âmbito da Responsabilidade Social da empresa Telecomunicações de Moçambique – TDM, SA. 
Este concurso tem por objectivo incentivar a produção literária e estimular o gosto pela leitura no País, premiando os autores no intuito de promover o surgimento de novos talentos no domínio da literatura em Moçambique. 

De acordo com o regulamento divulgado no acto do lançamento, são elegíveis, para este concurso, os autores que não tenham, ainda, publicado uma obra literária. 

O concurso contará com um júri constituído por quatro personalidades de reconhecido mérito e idoneidade no domínio literário e académico nacional. 

No Concurso Literário TDM-2016 serão premiados autores de três categorias literárias, nomeadamente do Conto, da Poesia e do Romance. 
No entanto, diferentemente das anteriores edições, para este ano a empresa TDM decidiu que os três vencedores receberão o prémio uniformizado de 150 mil meticais cada um e que continuará a garantir a edição especial das obras dos autores vencedores, para que as mesmas cheguem aos leitores de todos os cantos do País e não só.

Falando durante a conferência de imprensa de lançamento desta iniciativa, o presidente do Conselho de Administração (PCA) da TDM, Virgílio Ferrão, destacou o facto de, desde o seu lançamento em 2001, o Concurso Literário TDM ter-se afirmado pela sua regularidade, objectividade e pragmatismo. 
“Nas anteriores edições, mais de 1000 autores candidataram-se e, os premiados, já fizeram desfilar nomes que hoje preenchem o universo crescente de escribas da nossa literatura”, referiu Virgílio Ferrão. O PCA da TDM aproveitou a ocasião para garantir a continuidade, por mais anos, desta iniciativa, tendo, igualmente, exortado aos concorrentes a apresentarem trabalhos de elevada criatividade e qualidade literária, um aspecto que, conforme realçou, “reflecte o nível de exigência e rigor com que o concurso sempre pautou”.

O presidente da Associação dos Escritores Moçambicanos – AEMO, Ungulani Ba Ka Khosa, elogiou, por sua vez, a TDM pela iniciativa e referiu que este concurso literário é de elevado prestígio, na medida em que todos os autores que vencem este prémio firmam-se no panorama literário nacional.

Mesa que presidiu a cerimónia de lançamento do concurso literário

Mesa que presidiu a cerimónia de lançamento do concurso literário

Ungulani Ba Ka Khosa Presidente da AEMO

Ungulani Ba Ka Khosa Presidente da AEMO

Virgílio Ferrão PCA da TDM

Virgílio Ferrão PCA da TDM

Participantes

Participantesf