• pt
Osório Lucas Director Executivo da Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo
Director Executivo da MPDC: Revitalização da cabotagem marítima vai trazer impacto positivo para a economia nacional
04/07/2016
Painel principal da Mesa Redonda sob tema como Restaurar o Optimismo e a Esperança na Sociedade Moçambicana
Uma das recomendações da mesa redonda da Universidade Politécnica: ‘Aproveitar a crise, para se fazer reformas mais profundas’
07/07/2016

Sorteio Taça Moçambique mcel 2016: Parceria já tem11 anos

Sorteio da Taca de Moçambique mcel 2016

Decorreu na segunda-feira, 4 de Julho, na cidade de Maputo, o sorteio dos quartos-de-final da Taça Moçambique mcel, edição 2016, a segunda maior prova do calendário futebolístico nacional.

Conforme ditou o sorteio, o Maxaquene vai defrontar a Academia Militar Samora Machel de Nampula, enquanto o ENH de Vilankulo vai medir forças com o Ferroviário de Maputo. Os vencedores destes dois confrontos vão encontrar-se nas meias-finais desta competição, tal como ficou estabelecido.

Os outros embates vão colocar frente-a-frente o Ferroviário da Beira e a União Desportiva do Songo, o Textáfrica e o Costa do Sol, sendo que os vencedores destes dois jogos vão disputar entre si um lugar na final desta prova.

A mcel-Moçambique Celular, como entidade patrocinadora, esteve representada no sorteio pelo administrador Comercial, Cláudio Chiche, que no seu discurso definiu a Taça Moçambique mcel como sendo “a festa do desporto que ostenta o nome do nosso País e que, por tradição, junta equipas de diferentes campeonatos”.
“Esta é uma competição tradicionalmente repleta de surpresas pois, nem sempre os vistos como favoritos à partida são os vencedores”, referiu.

Claúdio Chiche assegurou, ainda, que “a mcel orgulha-se por comparticipar na criação de condições para se fazer desporto no País” e que por isso, acrescentou, “este envolvimento é o reconhecimento da operadora de telefonia móvel na importância que o desporto tem na vida de cada moçambicano”.

Por fim, Cláudio Chiche desejou “boa sorte” às equipas envolvidas nos quartos-de-final da Taça Moçambique mcel 2016, tendo apelado o fair-play aos artistas da bola.

Falando em representação da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), a vice-presidente deste organismo, Marta Mapilele, enalteceu o envolvimento da mcel no desenvolvimento do futebol moçambicano.
De acordo com Marta Mapilele, “é graças a esta parceria com a mcel, que dura há 11 anos, que conseguimos realizar competições nas quais participam os clubes de todo o País”.

“Achamos que, com esta parceria estratégica entre a mcel e a FMF, continuaremos a realizar mais competições do género. Gostaríamos de encorajar a operadora de telefonia móvel para que siga avante nesta parceria pois, é com ela que continuaremos a promover o nosso futebol”, realçou a vice-presidente.

Importa referir que este é o 11º ano consecutivo que a Taça Moçambique mcel conta com o alto patrocínio da operadora de telefonia móvel, uma prova cujo vencedor representa o País nas Afrotaças, nomeadamente na Taça CAF.

 

Sorteio da Taca de Moçambique mcel 2016

Sorteio da Taca de Moçambique mcel 2016

 

Marta Mapilele vice presidente da FMF

Marta Mapilele vice presidente da FMF

 

Cláudio Chiche Administrador Comercial mcel

Cláudio Chiche Administrador Comercial mcel