• pt
Camiões expostos na feira automóvel
Standard Bank Motorshow: Resposta à demanda por serviços bancários para aquisição de viaturas novas
31/05/2015
Participantes no Fórum de Negócios Moçambique-Singapura 1
Singapura e Moçambique estreitam laços de negócio
04/06/2015

Standard Bank Open: Alberto Nkutumula procede à abertura dos jogos da 1ª fase dos Futures

Jogos de qualificação para categoria Futures

O Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula, procedeu esta segunda-feira, 1 de Junho, à abertura dos jogos da 1ª fase dos Futures, a componente profissional do Standard Bank Open, que decorre desde o dia 23 de Maio no Clube de Ténis de Maputo e que, pela primeira vez, conta com a chancela da Federação Internacional de Ténis (ITF).
Na ocasião, Alberto Nkutumula referiu que o facto de esta competição constar do calendário oficial da ITF “coloca Moçambique na rota mundial desta modalidade, para além de constituir uma oportunidade para os tenistas nacionais interagirem e jogarem com atletas de outros países”.
“O reconhecimento da ITF revela que este organismo acredita que Moçambique tem capacidade para organizar um torneio deste nível. É bom para os atletas e o ténis nacional sai a ganhar”, considerou o Ministro que aproveitou a oportunidade para endereçar mensagens de encorajamento e apoio aos tenistas nacionais que participam na prova.
Para Chuma Nwokocha, Administrador Delegado do Standard Bank, esta edição marca uma nova era da prova uma vez que “o primeiro grande objectivo, a sua profissionalização, foi alcançado com a sua introdução no calendário da ITF, o que significa que os pontos amealhados pelos atletas contam para a sua participação em qualquer prova a nível mundial”.
Os Futures decorrerão, sucessivamente, de 1 a 7 e de 8 a 14 de Junho, sendo que, devido ao facto de fazerem parte do calendário oficial das provas Pro Circuit, dão pontos que permitem que os atletas participem em qualquer prova internacional de ténis, em qualquer parte do mundo.
Entretanto, as provas dos Futures foram antecedidas por jogos de qualificação, que decorreram durante o fim-de-semana, nos quais participaram 32 tenistas, sendo 5 nacionais e 27 estrangeitos.
Assim, qualificaram-se para esta fase oito (8) atletas, nomeadamente Hassan Ndayishimiye (Burundi), Luís Brito (Brasil), Louis Pretorius (África do Sul), Ian Fligler (Argentina), William Bushamuka (Estados Unidos da América), Stefan Vujic (Austrália), Niclas Genovese (Suiça) e Tomas Gerini (Argentina).
Os tenistas nacionais Bruno Figueiredo, Armindo Júnior Nhavene, Miguel Gonçalves, Calvin Maposse e António Sábado não conseguiram qualificar-se para o quadro principal, na qual o nosso País estará representado por 3 tenistas, nomeadamente Feliciano dos Santos, Josefa Simão e Isac Jorge que defrontam na primeira ronda Jeremy Beale (Austrália), Loyd Seal (África do Sul) e Luís Brito (Brasil) respectivamente.

 

Jogos de qualificação para categoria Futures

Jogos de qualificação para categoria Futures

 

Jogos de qualificação 2

 

O Ministro da Juventude e Desportos - Alberto Nkutumula - conversando com os atletas do Standard Bank Open

O Ministro da Juventude e Desportos – Alberto Nkutumula – conversando com os atletas do Standard Bank Open

 

O Ministro da Juventude e Desportos - Alberto Nkutumula - dando umas tacadas

O Ministro da Juventude e Desportos – Alberto Nkutumula – dando umas tacadas

 

O Ministro da Juventude e Desportos Alberto Nkutumula

O Ministro da Juventude e Desportos Alberto Nkutumula

 

Chuma Nwokocha - Administrador Delegado do Standard Bank

Chuma Nwokocha – Administrador Delegado do Standard Bank