• pt
Autocarros
Ao nível do Município da Matola: Já arrancou o Metrobus
07/02/2018
Foto de família com os alunos do quadro de honra da ESDA de 2017
Universidade Politécnica: 975 alunos das Acácias iniciam ano lectivo
07/02/2018

Transparência Internacional classifica Odebrecht com nota máxima na divulgação de programas anticorrupção

Odebrecht

A Odebrecht está entre as nove empresas brasileiras que obtiveram pontuação máxima num estudo realizado, recentemente, pela Transparência Internacional (TI), sobre a divulgação de programas anticorrupção, envolvendo as 110 maiores empresas e 10 maiores bancos brasileiros.

 

Apresentada em São Paulo, Brasil, a pesquisa analisou o desempenho em vários requisitos relacionados à transparência corporativa e à integridade nos negócios.

 

Na cerimónia de apresentação do estudo, o presidente da Odebrecht Engenharia e Construção, Fábio Januário, participou no painel Hard Talk – “Encarando de frente os desafios”, ao lado de Everson Bassinello, responsável pela Conformidade da Braskem, e Eduardo Staino, director de compliance da Andrade Gutierrez.

 

Na ocasião, Fábio Januário relacionou as acções de conformidade implantadas pela empresa, citando como exemplos a chegada do director de Conformidade, Mike Munro, e o aprimoramento do canal Linha de Ética, que possibilita a realização de denúncias de irregularidades e desvios de conduta por parte de integrantes, clientes e terceiros.

 

O executivo acrescentou estar convicto da mudança cultural que está em curso na empresa. “Estamos focados na integridade dos negócios”, afirmou Januário.

 

Importa realçar que o relatório avalia o modo como as empresas brasileiras divulgam informações sobre as suas práticas anticorrupção, e a sua estrutura organizacional e os seus dados financeiros relativos à actuação noutros países, três aspectos essenciais para avaliar a transparência corporativa. As companhias recebem uma nota de acordo com a qualidade da divulgação desses itens e são classificadas segundo a pontuação recebida.

 

Odebrecht