• pt
Mesa que presidiu a conferência de imprensa do Moz Jazz
Jimmy Dludlu promete encantar no “Melhor do Moz Jazz”
05/03/2015
Isabel Novella em concerto
Jimmy Dludlu e Isabel Novella superaram as expectativas
07/03/2015

Traz impacto negativo sobre ambiente de negócios e investimentos: CTA repudia onda de criminalidade

cta

A CTA-Confederação das Associações Económicas de Moçambique repudia, veementemente, a onda de criminalidade que tem estado a abalar o País, nos últimos tempos, caracterizada por crimes violentos, raptos e assassinatos de cidadãos, semeando um ambiente de medo, dor, luto, desespero e incerteza.
O repúdio, expresso através de um comunicado da agremiação do sector privado nacional, surge na sequência do assassinato de Gilles Cistac, professor catedrático de Direito Constitucional e director-adjunto para a investigação e extensão na Universidade Eduardo Mondlane, ocorrido no dia três do corrente mês, em Maputo, e ainda o recente baleamento e roubo a um comerciante e seu empregado, na cidade da Beira.

“Estes são apenas alguns dos casos que vieram exacerbar ainda mais o clima de incerteza e desespero na sociedade moçambicana, situação que a CTA-Confederação das Associações Económicas de Moçambique julga abominável e condena a todos os títulos”, lê-se no comunicado.

A CTA apresenta o seu sentimento de pesar e solidariedade aos familiares das vítimas daqueles actos macabros e cobardes e apela à sociedade, em geral e à comunidade empresarial, em particular, para que se mantenha a calma e serenidade necessárias.
Prosseguindo, a CTA exorta às autoridades a trabalhar no sentido de esclarecer estes crimes, o mais rápido possível, trazendo os autores destes actos trágicos à barra da justiça.

Ao mesmo tempo, conforme acrescenta, torna-se imperioso que se trabalhe na prevenção do crime e na criação de uma maior estabilidade e segurança para todos os cidadãos, como condição essencial e fundamental para o desenvolvimento económico e social de Moçambique.
“Como representante do sector privado, no diálogo com o Governo para a melhoria do ambiente de negócios, a CTA alerta à sociedade em geral e ao Governo em particular, para o impacto negativo directo que a onda de crimes tem sobre o ambiente de negócios e sobre o investimento em Moçambique e coloca-se ao dispor das entidades do Estado para a busca de soluções, com vista a estancar a onda de criminalidade”, conclui o documento.

cta