• pt
Foto de familia C
“Preparação em Práticas Forenses” ministrada pela Associação Moçambicana de Juízes a 40 profissionais de Direito
14/12/2021
logo TMCEL 1
Tmcel lança concurso Super Semanas
15/12/2021

Lioness Lean empodera empreendedoras moçambicanas

Tatiana Guivala directora de Auditoria Interna do Standard Bank

Tatiana Guivala directora de Auditoria Interna do Standard Bank

Realizou-se, terça-feira, 14 de Dezembro, a última edição do ano do Lioness Lean In Live Webinar, um evento virtual de partilha de experiências e estabelecimento de parcerias no ramo empresarial entre mulheres empreendedoras, promovido pela Lionesses of Africa, em parceria com o Standard Bank e a Embaixada do Reino dos Países Baixos em Moçambique.
Na ocasião, a directora de Auditoria Interna do Standard Bank, Tatiana Guivala, realçou a importância desta iniciativa para as empreendedoras, que passaram a ter uma plataforma digital para promover os seus produtos e serviços, assim como para expandir os seus negócios.
“As mulheres são o coração do mundo, e se elas estiverem unidas e tiverem acesso a oportunidades o mundo será melhor. Por isso, o banco se associou a esta iniciativa para empoderar as empreendedoras moçambicanas. Pretendemos que, em cada sessão de partilha de experiência e estabelecimento de parcerias, adquiram mais conhecimento, novas ideias e criem conexões para alavancar os seus negócios e, quiçá, conquistar novos mercados”, disse Tatiana Guivala.
Por seu turno, a fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa, Melanie Hawken, enalteceu o apoio dos parceiros da iniciativa, nomeadamente o Standard Bank e a Embaixada do Reino dos Países Baixos em Moçambique, que permitiu que as empreendedoras moçambicanas se juntassem à maior rede de empreendedoras do continente africano.
“Trata-se de uma comunidade de mulheres empreendedoras que estão para ajudar umas às outras, que já conhecem os principais desafios e que partilham as suas experiências no ramo de negócios, o que permite que as que pretendem seguir esta área tenham noção do que poderão enfrentar, e, sobretudo, como superar os inúmeros obstáculos”, sublinhou Melanie Hawken.
O evento teve como oradoras Taila Carrilho (fundadora do Atelier Taila Carrilho), Cármen Miral (fundadora da Black Khakhela), Sabina Ali e Natasha Amin (fundadoras da Dr Moz), para além Neidy Valéria Sitóe (fundadora da Malambe Sweets), Enid Narassa Nkini (fundadora da Utopia Cosmetics) e Mirza Jamal (fundadora da MJ Consulting), que, na qualidade de expositoras, falaram sobre os seus produtos e serviços.
Formada em Design Gráfico, Taila Carrilho é fundadora do “Atelier Taila Carrilho”, que se dedica à concepção e fabrico de acessórios, dentre os quais brincos, pulseiras, entre outros, com recurso à materiais e mão-de-obra locais.
A ideia de abrir um atelier surgiu da necessidade de se expressar e dar asas aos seus sonhos e imaginações, usando e valorizando a matéria-prima, nomeadamente madeira, chifres, latão, entre outras e os artesãos nacionais.
“Priorizo muito a mão-de-obra local, porque dou muito valor ao talento moçambicano. Acredito que temos artesãos talentosos, mas que, infelizmente, não têm a visibilidade e o reconhecimento que acho que deviam ter. Por isso, submetêmo-los a uma pequena formação e incentivamo-los a dar asas à sua imaginação durante o processo criativo e os resultados têm sido fantásticos”, explicou.
Para além do atelier, Taila Carilho é co-fundadora da Ruum Galery, uma galeria criativa de objectos de design, feitos à mão, também com recurso a materiais locais.
Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa

Taila Carrilho oradora e fundadora do Atelier

Taila Carrilho oradora e fundadora do Atelier

Tatiana Guivala directora de Auditoria Interna do Standard Bank

Tatiana Guivala directora de Auditoria Interna do Standard Bank