GAPI
Maputo acolhe Fórum de Directores Executivos do Sub-comité das Instituições Financeiras de Desenvolvimento da SADC
26/11/2022
Foto da ocasiao
Tudo a postos para a IV edição do Festival Standard Bank Acácia Jazz
01/12/2022
GAPI
Maputo acolhe Fórum de Directores Executivos do Sub-comité das Instituições Financeiras de Desenvolvimento da SADC
26/11/2022
Foto da ocasiao
Tudo a postos para a IV edição do Festival Standard Bank Acácia Jazz
01/12/2022

FUNDE promove conferência sobre as mudanças climáticas e o ciclo da água

Funde 1

Funde 1

A FUNDE – Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação, em parceria com a Universidade Politécnica, realiza, quarta-feira, 7 de Dezembro, em Maputo, uma conferência sobre as mudanças climáticas e o ciclo da água, com o objectivo de aumentar a eficácia e a sustentabilidade da sociedade civil moçambicana, em resposta aos principais desafios do desenvolvimento.

O evento, que se insere na plataforma JUNTOS! – uma iniciativa, apoiada pela Fundação La Caixa (LCF) e pela Fundação Aga Khan (AKF), que visa fortalecer as organizações da sociedade civil – contará com a participação do ambientalista Jorge Moreira, como orador principal, cuja dissertação vai incidir sobre as “Sincronicidades Climáticas”.

Após a apresentação, seguir-se-á um painel constituído pelos oradores Barnabé Fondo, do Fundo Mundial da Natureza (WWF), uma organização não-governamental internacional que trabalha na área da preservação da natureza e redução do impacto humano no meio ambiente, e Agostinho Vilankulos, da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos (DNGRH), além da moderadora, Anabela Rodrigues, da FUNDE, e de um representante da empresa Cervejas de Moçambique (CDM).

Pretende-se ainda com este encontro, a decorrer sob o tema “Mudanças Climáticas e o Ciclo da Água – As Expressões a Nível Local”, aumentar a confiança do público nas organizações da sociedade civil do país, tornar a iniciativa JUNTOS conhecida a nível nacional como uma plataforma inovadora para aprender e responder melhor aos desafios do desenvolvimento e partilhar saberes e aprendizagens com a sociedade civil moçambicana e a comunidade.
Espera-se que, com a realização deste evento, estudantes e professores fiquem mais sensibilizados sobre a importância da rede hidrológica do País, assumindo-se como agentes transformadores em prol de um modelo de desenvolvimento sustentável e inclusivo.