• pt
Membros do CA da Tmcel que participaram na cerimonia virtual 2
Soluções digitais e de banca móvel da Ericsson irão potenciar uma melhor experiência aos clientes da Tmcel
25/11/2020
Acto do plantio de arvores 2
Standard Bank apoia conservação das dunas costeiras na praia da Costa do Sol
29/11/2020

Mulheres empreendedoras não se devem deixar abalar pela Covid-19 pois é na adversidade onde residem as grandes oportunidades

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa 1 1

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa 1 1

A persistência e a criatividade podem desempenhar um papel determinante na manutenção ou no crescimento dos negócios em momentos conturbados, como o que o mundo está a atravessar actualmente, devido à pandemia do novo Coronavírus, afirmou a directora de Auditoria Interna do Standard Bank, Tatiana Guivala, recentemente, durante a terceira edição do Lioness Lean In Webinar, um evento virtual de partilha de experiências e estabelecimento de parcerias no ramo empresarial entre mulheres empreendedoras, organizado pela Lionesses of Africa, em parceria com o banco e a Embaixada do Reino dos Países Baixos.

Sob o lema “Resiliência e Reinvenção”, o evento coincidiu com a celebração dos seis anos de existência da Lionesses of Africa, uma organização que conta com mais de um milhão de mulheres empresárias já estabelecidas no mercado e aspirantes a empreendedoras ao nível do continente africano, das quais 22 mil são de Moçambique.

À semelhança das anteriores, a terceira edição serviu para a partilha de histórias de sucesso no ramo empresarial, bem como de ideias, oportunidades e conhecimentos, tendo como fim ajudar as mulheres aspirantes a empreendedoras a singrar nos negócios.

Foi neste contexto que a directora de Auditoria Interna do Standard Bank apelou às oradoras e participantes a não se deixarem abalar pela Covid-19, pois, na sua opinião, é na adversidade onde residem as grandes oportunidades.

“As mulheres ainda vão mudar Moçambique, em particular, e o mundo, em geral, com as suas iniciativas. Para tal, devemos ser persistentes e únicas, inspirando-nos umas às outras. Vamos ser criativas para continuarmos a conduzir os negócios de forma excelente no meio das adversidades, como neste momento ímpar da humanidade”, considerou Tatiana Guivala.

Na ocasião, a fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa, Melanie Hawken, sublinhou que as mulheres precisam de ser determinadas e focadas nos seus objectivos, pois isso vai-lhes permitir enfrentar e vencer os desafios na área dos negócios.

“É possível sonhar alto e alcançar grandes conquistas, basta que sejamos determinadas. Podemos transformar as nossas ideias em negócios com grande impacto na vida das mulheres e das comunidades”, disse Melanie Hawken.

Sobre o sexto aniversário da organização que fundou e dirige, Melanie Hawken explicou que a mesma foi criada para estimular as mulheres, pois elas têm potencial para contribuir para o crescimento económico do continente. Mas para tal, “elas precisam de apoio, ter acesso ao conhecimento e à informação, bem como à mentoria”.

“As mulheres devem actuar no mercado de forma conjunta para fazer crescer os seus negócios, expor os seus produtos e serviços não só a nível local, mas também global”, acrescentou Melanie Hawken.

Por seu turno, a conselheira para o Desenvolvimento do Sector Privado da Embaixada do Reino dos Países Baixos, Nadege Sango Afonso, apelou à união de esforços entre as mulheres para o alcance do sucesso. “Partilhem as vossas histórias para que sirvam de inspiração para as outras”.

  Importa realçar que a terceira edição do Lioness Lean In Webinar teve como oradoras Ana Belmonte (fundadora da Malachi Garden Service), Sandra Kourouma (fundadora da MillKappas Multiservice e SK Escolinha de Futebol e Futsal) e Tatiana Mata (fundadora da ELIM Group).

Participaram, igualmente, na qualidade de expositoras, Mónica Mahanjane (fundadora da Pretoola), Mariamo Amuri (fundadora da Amuri Services) e Cátia Mondlane (fundadora da Isabella Estética e Cosméticos).

Uma das oradoras, Tatiana Mata, fundadora da ELIM Group, que opera no sector agrícola, realçou o papel de eventos como o Lioness Lean In Webinar no empoderamento da mulher, bem como no estabelecimento de parcerias e conquista do mercado.

“O sector agrário é muito complexo, por isso é importante encontrar referências. Tens que ser forte para encontrar alguém que te motive para poderes crescer. Comecei esta caminhada sozinha e hoje temos um movimento para mulheres, que nos permite caminhar juntas. É necessário, acima de tudo, não desistir depois de dar o primeiro passo”, concluiu.

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa 1 1

Melanie Hawken fundadora e directora executiva da Lionesses of Africa 1 1

Nadege Sango Afonso conselheira para o Desenvolvimento do Sector Privado da Embaixada do Reino dos Paises Baixos 2

Nadege Sango Afonso conselheira para o Desenvolvimento do Sector Privado da Embaixada do Reino dos Paises Baixos 2

Tatiana Guivala directora de Auditoria Interna do Standard Bank 3

Tatiana Guivala directora de Auditoria Interna do Standard Bank 3

Tatiana Mata empreendedora 4

Tatiana Mata empreendedora 4